Por *Eduardo Gois Em Notícias Atualizada em 12 JUL 2018 - 09H20

Você sabia que Camilo de Lellis é o fundador dos Camilianos?



O início do projeto de Camillo foi muito simples, mas em pouco tempo a história registrou uma significativa presença da prática da caridade. A “companhia” fundada por Camillo, que mais tarde (1591) foi elevada ao grau de Ordem Religiosa, atualmente está presente nos cinco continentes com uma marcante presença na área da saúde.

Dimensão Camiliana no Mundo

Shutterstock
Shutterstock

Já nos países de terceiro mundo ou em vias de desenvolvimento, o trabalho é focado na promoção da saúde e prevenção de doenças, ou seja, para além da assistência espiritual e pastoral aos doentes. É uma ação que procura promover a formação de profissionais da área da saúde com escola de enfermagem, medicina, fonoaudiologia, fisioterapia, farmácia, administração hospitalar etc. O intuito é sempre formar profissionais éticos, tecnicamente competentes e educar a população para cuidar da saúde.

No Brasil, por exemplo, a Sociedade Beneficente São Camilo possui sede em São Paulo desde a sua instalação no Brasil, em setembro de 1922. Todo o complexo compreende uma rede de 56 hospitais, com cerca de 21 mil colaboradores, 6 mil leitos, 15 mil estudantes, além de 10 paróquias.

De acordo com padre Léo, atualmente, as entidades camilianas atuam em todo território nacional e além de realizarem a vontade do Fundador em estar a serviço daqueles que, em seus desígnios e pensamentos, constituíram seu projeto de vida: os enfermos, também atuam em outras não menos importantes e necessitadas áreas como paroquial, formação de religiosos e atividades missionárias, comunitárias e educacional. Veja o cenário aqui e no resto do mundo. 

Leia MaisDia de São Camilo de Léllis: A espiritualidade dos enfermosEuropa: Presentes em nove países com províncias e grande desempenho nos trabalhos de assistência religiosa, espiritual e material. Na Itália contam-se quatro províncias, tendo à frente a província mais velha da Ordem: a província romana, essa tem entre as próprias responsabilidades o santuário São Camilo na cidade natal do santo, a casa onde ele nasceu e a paróquia da cidade onde o santo foi batizado. Na Áustria, Alemanha, Holanda, Espanha, Irlanda, Inglaterra, França e Polônia as províncias mantêm trabalhos diversificados, da assistência espiritual e material à administração hospitalar. Existe também a presença missionária na Geórgia, Armênia e Hungria. 

Américas: Brasil e Estados Unidos. A província brasileira desenvolve, atualmente, trabalhos na promoção e defesa da vida em todos os campos: da educação de base à Universidade, da administração hospitalar à assistência aos marginalizados e abandonados; da catequese paroquial ao ensinamento catedrático. A província americana trabalha na administração hospitalar e nas capelanias. Além das províncias há várias fundações e delegações nos países: Peru, Colômbia, Bolívia, Equador, Argentina, Haiti, Chile e México.

África: Na África a presença Camiliana é muito viva no trabalho de assistência a todas as necessidades primárias. Existem delegações e fundações nos países: Benin, Burkina-Faso, Uganda, Kenya, Tanzânia e Madagascar.

Ásia: neste continente existe uma província, uma vice-província, delegações e fundações. A única província está nas Filipinas e a vice-provincia na Thailandia  As fundações e delegações estão no Vietnam, Taiwan e Índia. O trabalho principal que os religiosos fazem é a promoção e defesa da vida humana na assistência aos mais necessitados, marginalizados e abandonados.

Oceania: Neste continente existe apenas uma fundação na Austrália. O trabalho que os religiosos fazem naquele país se limita à assistência espiritual nas capelanias.

Conheça mais sobre os Camilianos, acesse: https://www.camilianos.org.br

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por *Eduardo Gois, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.