Por André Somensari Em Notícias

Padre Flávio Sobreiro lança livro de orações para a Mãe Aparecida

Capa No Coração da Mãe Aparecida JS

Capa do livro "No Coração da Mãe aparecida" | Imagem: Reprodução

Dai-nos a bênção, ó Mãe querida! Nossa Senhora Aparecida♫ Estamos no Ano Nacional Mariano, mais precisamente no mês de maio, que a Igreja, anualmente, dedica a Maria, mãe de Jesus. Esse período de celebração pelo Jubileu dos 300 anos é propício e especial para nós devotos demonstrarmos todo o nosso amor e devoção a nossa Mãe Aparecida. É tempo de renovarmos nossa fé e sentirmos a proteção e o carinho de nossa Rainha e Padroeira por nós e por nosso Brasil, acolhendo-nos, protegendo-nos e intercedendo por todos os seus filhos amados junto a Deus!

Com esse objetivo, a Editora Santuário lança, este mês, o livro No Coração da Mãe Aparecida, do padre Flávio Sobreiro, que traz cinquenta orações inspiradas na fé e na confiante intercessão de nossa Mãe Amada. No Coração da Mãe Aparecida, todas as súplicas, louvores e agradecimentos encontram um lugar especial.

Padre Flávio nos conta mais detalhes de seu livro, de sua devoção a Nossa Senhora Aparecida e da sensação de lançar um livro em homenagem a Santa.

Como surgiu a inspiração de fazer esse livro de orações dedicado a Nossa Senhora Aparecida? Quanto tempo levou para ser escrito?
Padre Flávio Sobreiro – Esse livro nasceu do desejo de, nos 300 anos em que celebramos o encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, prestar-lhe uma singela homenagem. A inspiração surgiu do meu amor e devoção à Senhora de Aparecida. Desde muito pequeno, aprendi a rezar a oração da Ave-Maria diante de uma pequenina imagem de Nossa Senhora de Aparecida. É um amor à Santíssima Virgem que foi sendo germinado em meu coração desde a infância.
O livro demorou poucos meses para ficar pronto, pois ele já estava concluído em meu coração e necessitava ser apenas transcrito. Conversando com o Pe. Fábio Evaristo (Diretor Editorial) sobre o desejo de publicar uma obra voltada a Nossa Senhora Aparecida, ele, com toda a equipe da Editora Santuário, abraçou essa iniciativa, e agora ele pode chegar às mãos e ao coração de todos os devotos de Nossa Senhora Aparecida em todo o Brasil e até mesmo fora dele.

:: Receba o Jornal Santuário em casa

:: Adquira o livro "No Coração da Mãe Aparecida"

O livro, ao todo, tem cinquenta orações, nas quais o senhor aborda diversos temas: do amor ao perdão, dos romeiros aos sacerdotes etc. E, em todas as orações, o título começa com a palavra Mãe. Como filhos amados por Nossa Mãe, ela acolhe em seu coração nossas orações, aflições, nossos problemas e pedidos e intercede junto a Deus por nós?
Padre Flávio – Nossa Senhora da Conceição Aparecida ama cada um de nós, ela é Mãe, que nunca abandona seus filhos, e com amor maternal nos conduz a seu amado Filho, Jesus Cristo. No coração de Nossa Senhora, cabem todas as nossas dores, súplicas e alegrias... Cada uma das cinquenta orações, que este livro traz, começa com o título “Mãe” para recordar justamente isto: que somos seus filhos amados. São orações de filhos que se sentem amados por sua Mãe Divina. Cada oração é uma pétala de amor que ofertamos a Nossa Senhora Aparecida. Esse livro é para o romeiro, para o devoto, para o sacerdote, para o consagrado, para o angustiado, para o depressivo, para os desempregados..., enfim, é um livro do coração dos filhos para o coração da Mãe.

Das orações contidas no livro, há alguma pela qual o senhor tem um carinho especial? Quais as que mais o comovem e quais o senhor reza diariamente?
Padre Flávio – Gosto de todas as orações, pois elas foram inspiradas em meu coração pela ação do Espírito Santo. Não são orações pré-fabricadas; nasceram de momentos de oração. Cada oração, que nascia e era transcrita, era, antes, rezada em meu coração diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Rezo todos os dias a oração Mãe dos Sacerdotes; mas, quando estou desanimado, rezo a oração Mãe dos Desanimados; quando sinto que necessito resolver alguma questão, peço a intercessão de Maria rezando a oração Mãe do Discernimento. Desejo que cada leitor, ao adquirir o livro, tenha essa liberdade interior de rezar a Nossa Senhora Aparecida a oração que sua alma necessitar no momento específico que tiver enfrentando.

Qual é a sensação de lançar um livro dedicado à Rainha e Padroeira do Brasil no ano em que se celebram os 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul?
Padre Flávio – Para mim é uma alegria e, ao mesmo tempo, uma oportunidade de somar minha missão de escritor a tantas outras lindas homenagens que vêm sendo oferecidas à Rainha e Padroeira do Brasil. São orações germinadas, em primeiro lugar, no coração de um filho de Nossa Senhora Aparecida. Desejo que cada romeiro e devoto também faça dessas orações as suas próprias orações. Já não são minhas, mas, sim, um patrimônio espiritual de todos. Que esse livro seja companheiro e amigo dos filhos e das filhas da Senhora Aparecida.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por André Somensari , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.