Por Jornal Santuário Em Notícias

Pastoral da Juventude Estudantil quer ampliar articulações

A Pastoral da Juventude Estudantil (PJE) tem 32 anos de história, e nasceu no seio das lutas estudantis, durante a ditadura. A Pastoral é uma sucessão da organização Juventude Estudantil Católica (JEC), e hoje é o braço da Igreja na evangelização das juventudes no ambiente escolar. Tem se articulado principalmente em 10 estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará. “Não paramos por aí, buscamos, constantemente, ampliar nossas articulações, para levar a Palavra aos jovens estudantes de todos os lugares”, afirma o jovem estudante e secretário nacional da Pastoral da Juventude Estudantil, Iago Ervanovite.

Foto de: Arquivo Pessoal

Iago Ervanovite - Arquivo Pessoal

Iago Ervanovite é coordenador nacional
da Pastoral da Juventude Estudantil

Ele explica que a PJE se organiza nos grupos de jovens das escolas públicas, privadas e confessionais. Os momentos nos grupos de base são de formação e oração. “Formação sobre nossa realidade – social e escolar –, e de oração, para que a prática evangelizadora de Jesus possa nos inspirar a nos indignarmos e lutarmos contra as injustiças sociais e, assim, possamos transformar nossa realidade”, relata.

De acordo com o jovem nos encontros formativos, desenvolve-se atividades práticas que incentivem o protagonismo do jovem em sua ação transformadora, em conformidade com o modelo de "Igreja em saída" que o Papa propõe.

Em conjunto com as outras quatro Pastorais de Juventude da Igreja do Brasil (PJ, PJMP e PJR), desenvolve-se duas atividades permanentes ao longo do ano: a Semana da Cidadania (que ocorre sempre na semana que envolve o 21 de abril) e a Semana do Estudante (que ocorre na semana do 11 de agosto).

Este ano, a Semana do Estudante será celebrada entre 9 a 15 de agosto e tem como tema Juventude, escola e sociedade: uma ciranda de vida. Já como lema Democratização da informação em defesa da cultura de paz, e a iluminação bíblica Onde está o teu irmão? (Gn 4,9).

A PJE também se organiza para ter três grandes eventos: Encontrão Regional do Nordeste, III Encontro Nacional das Referências Estaduais (ENARES) e IX Seminário Nacional de Assessores. Os eventos discutirão temas referentes à formação dos membros da pastoral e evangelização jovem.

O Encontrão Regional da PJE Nordeste acontecerá no estado de Pernambuco, de 11 a 12 de julho. Com o tema Juventude estudantil que sonha, ousa e luta, o evento convida os jovens membros a redescobrir a paixão pelo Reino a partir da espiritualidade e mística da pastoral.

O lema do encontro é tirado do livro O Pequeno Príncipe, do escritor Saint Exupéry, Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas e a iluminação bíblica é inspirada pelo livro dos Atos dos Apóstolos 2, 42: Somos perseverantes em ouvir os ensinamentos.

Já em 2016, a PJE do Brasil inteiro é convidada a se encontrar em São Paulo. O III Encontro Nacional das Referências Estaduais acontece de 14 a 17 de janeiro e tem como tema Jovens estudantes: discípulos e missionários. O evento tem como objetivo fomentar a formação de lideranças jovens em instância nacional.

O encontro ainda será guiado pelo lema Formando novos grupos e lideranças e pela iluminação bíblica Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma nova alegria, que será também a de todo o povo (Lc 2,10).

Junto ao III ENARES, acontecerá ainda o IX Seminário Nacional de Assessores, que trabalhará o tema Assessoria como vocação. A temática buscará aprofundar o conhecimento da caminhada pastoral a partir da perspectiva do acompanhante adulto. O evento tem como lema: Ousando crer com a juventude estudantil e iluminação bíblica: Vi então um novo céu e uma nova terra (Ap 21,1a).

As vagas são limitadas para cinco jovens líderes, preferencialmente, membros da coordenação estadual, e cinco assessores. As inscrições devem ser feitas pelas equipes estaduais. Mais informações sobre local do evento e taxas de inscrições serão divulgadas, em breve, pela coordenação nacional da PJE.

Desafios

Iago conta que entre os maiores desafios estão os encontros. “Devemos reconhecer a imensidão de nosso país e suas dimensões continentais. Reunir vários jovens e assessores para estes encontros, seja em Recife, seja em São Paulo, é um desafio geográfico. Também, as agendas e as programações de cada escola e colégio, às vezes, dificulta um pouco a participação desses jovens e assessores. Assim, divulgamos nossas programações com antecedência, para que os colégios possam se programar, e enviar suas delegações”, detalha

Para o jovem, que tem apenas 22 anos, o resultado destes trabalhos é gratificante, pois sonha-se e caminha-se rumo a mesma Civilização do Amor que acredita-se. “Ver a galera do Brasil todo reunida, em prol do mesmo sonho, é gratificante.”

Iago lembra que além das atividades permanentes que se desenvolvem em conjunto com as demais Pastorais de Juventude do Brasil, a PJE participou, até então, da Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens. “Esta campanha era uma iniciativa das PJs que mobilizou não apenas a Igreja, mas toda a sociedade civil, por lutas contra os altos índices de violência contra a juventude. A Campanha foi oficialmente encerrada. Mas isso não significa que as Pastorais deixaram de caminhar em conjunto”, aponta.

Ele acrescenta também o Projeto Rota 300, desenvolvido pela Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB com o Santuário Nacional de Aparecida. “O projeto, que é celebrativo aos 300 anos de Aparecida, passará pela dimensão da ecologia, oportunidade em que as quatro Ppastorais trabalharão os aspectos sociais e de luta em prol da vida da juventude, a partir da dimensão que nos é colocada”

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.