Por Redação A12 Em Notícias Atualizada em 07 FEV 2020 - 09H23

Planejando sua aposentadoria com segurança

Já está em vigor, em todo o país, a Nova Previdência, promulgada em 13 de novembro do ano passado, por meio da emenda constitucional nº 103. Ela traz uma série de modificações no sistema previdenciário brasileiro: novas idades de aposentadoria, novo tempo mínimo de contribuição, regras de transição para quem já é segurado, entre outras.

Leia MaisEsclareça dúvidas sobre aposentadoriaTer qualidade de vida na aposentadoria ou apenas sobreviver?As novas regras valem para segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) da União.

Uma das mudanças da Nova Previdência se refere à questão da idade mínima e à contribuição. No Regime Geral de Previdência Social (RGPS), para trabalhadores da iniciativa privada e de municípios sem sistema previdenciário próprio, a regra geral de aposentadoria passa a exigir que as mulheres tenham pelo menos 62 anos de idade e 15 anos de contribuição, e os homens 65 anos de idade e 20 anos de contribuição. O tempo de contribuição mínimo permanecerá de 15 anos somente para os homens que estiverem filiados ao RGPS antes de a emenda constitucional entrar em vigor.

Já para os servidores públicos federais, que contribuem para o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) da União, a nova regra geral exigirá 62 anos de idade para mulheres e 65 para os homens, com pelo menos 25 anos de contribuição, 10 anos de serviço público e 5 anos no cargo em que se dará a aposentadoria.

Mediante todas essas mudanças, como o trabalhador, que ainda tem um longo período de contribuição para conquistar a aposentadoria, pode se preparar para o momento de se aposentar? Profissionais do setor financeiro elencam algumas dicas para você planejar com segurança sua aposentadoria:

1 – Planeje seu futuro

Shutterstock
Shutterstock


Que estilo de vida você imagina ter ao se aposentar? Qual valor por mês você pretende ter em mãos quando estiver aposentado? É importante lembrar que, mesmo tendo trabalhado a vida toda com carteira assinada, contribuído para o INSS, a aposentadoria que irá receber dificilmente lhe propiciará uma renda para se viver dignamente, como ocorre com milhões de brasileiros atualmente. Por isso, investir seu dinheiro em uma previdência privada é importante.

2 – Poupe o quanto antes

Shutterstock
Shutterstock


Quanto mais cedo você planejar seu futuro, mais fácil será para poupar e atingir a quantia desejada
. Há diversas modalidades de investimento adequadas para a aposentadoria, como Previdência Privada e títulos do Tesouro Direto. Caso queira dar uma diversificada e investir em ações, o recomendável é utilizar no máximo 10% do dinheiro poupado, devido ao alto risco da aplicação.

3 – Faça um diagnóstico de suas despesas

shutterstock
shutterstock


Durante um mês, detalhe, em uma planilha, todas as suas despesas, separando-as por categorias
(alimentação, vestuário, transporte, contas, lazer etc.), calcule-as e, assim, saberá todo o seu comportamento financeiro, poderá mudar hábitos, cortar gastos considerados supérfluos e eliminar algumas despesas para conseguir poupar para a aposentadoria, visando uma qualidade de vida melhor no futuro.

:: Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos e familiares!
Clique no botão de sua rede social, logo abaixo do título do post.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.