Por Deniele Simões Em Notícias

“Podemos esperar dias cada vez mais quentes”, alerta professor

As altas temperaturas em praticamente todo o país têm causado grande desconforto à população.

Foto de: FreeImages

Calor intenso - FreeImages

Previsão é de dias cada vez mais quentes e aumento das
temperaturas nas estações mais amenas

O “calorão” iniciado na primavera do ano passado aumentou ainda mais neste verão e reforça a tendência de que, nos próximos anos, teremos dias e noites cada vez mais quentes, independentemente da estação.

O JS desmistifica o tema com o professor Carlos Roberto da Silva Júnior, docente da área de química ambiental e controle de poluição do ar do curso de Gestão Ambiental da Unopar.

Jornal Santuário de AparecidaA primavera do ano passado foi de calor intenso e, agora, o verão segue o mesmo compasso. O que justifica tanto calor?

Carlos Roberto da Silva Júnior – A primavera, em algumas regiões do país, já apresenta temperaturas elevadas, porém, no último ano algumas regiões chegaram a apresentar temperaturas de até oito graus acima da média. O verão tem mostrado também elevadas temperaturas e, em algumas localidades, temporais com grande volume de chuvas. Esses fatores podem ser decorrentes do aumento médio da temperatura da Terra, causada pelo efeito estufa, que está gerando vários tipos de alterações ao redor do Globo.

JS Quais foram as temperaturas médias na primavera do ano passado e quais deverão ser os picos no verão de 2015?

Silva Júnior – Em comparação com os anos anteriores, a primavera e o verão de 2014 apresentaram temperaturas mais elevadas. Ainda é cedo para falar em temperaturas do verão de 2015, mas já observamos em várias partes do país que a sensação térmica já é superior a 2014. As médias de temperatura variam de lugar para lugar. É difícil dizer qual é a média de uma determinada localidade sem antes fazer um acompanhamento. Podemos dizer que as temperaturas elevadas, acima dos 30-35, graus estão se tornando comuns em muitos locais do Brasil que apresentam temperaturas mais amenas, como a região Sul, e que essas temperaturas permanecem altas por longos períodos, como outono e inverno, com até 32-33 graus e grandes variações durante um mesmo dia, superiores a 10-15 graus.

JSQual tem sido o impacto do efeito estufa na alta das temperaturas em nível mundial?

Silva Júnior – Podemos avaliar o impacto pela elevação da temperatura dos oceanos, que atualmente estão 0,7 grau mais quente. Esse aumento, embora pareça pequeno, traz graves consequências para os biomas marinhos e terrestres ao longo de todo o planeta. Apenas um efeito global e de grandes proporções tem a capacidade de elevar a temperatura dos oceanos. Dessa forma, podemos dizer que o aumento da temperatura da atmosfera é muito superior, mas varia de lugar para lugar, podendo encontrar localidades onde o aumento da temperatura média já é superior a oito graus.

JS – Temperaturas altas na primavera e verão podem significar um inverno mais ameno?

Silva Júnior – Sim. Observamos que o inverno está tornando-se mais quente, com menor prevalência de dias frios e com grandes mudanças de temperatura durante um determinado dia ou semana. Podemos dizer que será mais ameno, pois terá menos dias frios, com rápidas alterações de temperatura.

JSQue influência o desmatamento na Amazônia pode ter na alta das temperaturas e na ausência de chuvas?

Silva Júnior – Nesse caso, é muito difícil dizer. A floresta funciona como um receptor de carbono, retirando-o da atmosfera e fixando-o em suas estruturas vegetais. Quando se remove a floresta, acaba-se com a fixação do carbono, o que faz com que menos carbono seja absorvido. Quanto mais carbono na atmosfera, principalmente na forma de dióxido de carbono, mais quente será a temperatura da atmosfera. Outro fator é que a floresta apresenta um importante papel no ciclo das águas, pois depende dela para sobreviver. Portanto, se não existe floresta, também não existirá a evapotranspiração, que é a transpiração dos vegetais, e menos água irá para a atmosfera. A temperatura no interior de uma floresta também é importante para manter o ambiente úmido e hidratado.

JSComo funciona o efeito estufa e que impactos pode provocar além do aumento da temperatura?

Silva Júnior – Podemos pensar no efeito estufa relacionando a uma estufa de flores que absorve o calor do sol durante o dia e mantém o ambiente quente durante a noite. Nossa atmosfera possui essa mesma capacidade. Alguns gases, chamados de gases do efeito estufa, absorvem o calor emitido pela Terra para o espaço e reemitem de volta para a superfície, fazendo com que as temperaturas fiquem agradáveis durante as noites. O grande problema é que a concentração desses gases tem aumento de forma significativa nos últimos anos, o que tem levado a um aumento em nível mundial das temperaturas da atmosfera e dos oceanos. As consequências do efeito estufa já são visíveis e conhecidas. A elevação dos oceanos, aumento das temperaturas, degelo, extinção de espécies, alterações de climas e paisagens, doenças respiratórias, ciclos das chuvas, secas, tempestades etc.

JSQue cenário vislumbra para os próximos anos, caso o desmatamento não seja contido?

Silva Júnior – Tanto em termos ambientais como climáticos, as expectativas não são boas. Não precisamos falar em desmatamento, visto que atualmente o grande problema do aumento das temperaturas é a queima de combustíveis fósseis, como gasolina e diesel, por veículos automotores. As temperaturas irão continuar se elevando, as chuvas irão tornar-se raras, porém, virão em grandes quantidades e intensidades, com ventos fortes, granizo e grandes volumes de água, tempestades etc. Para os próximos anos podemos esperar dias e noites cada vez mais quentes.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.