Por Jornal Santuário Em Notícias

Prêmios da CNBB incentivam valores sociais, humanos e éticos

Ao criar os prêmios Margarida de Prata para o cinema, Microfone de Prata para o rádio, Clara de Assis para a televisão e Dom Helder Câmara para a imprensa, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) buscou estabelecer um diálogo com o mundo da comunicação, da cultura e da criação artística, e, ao mesmo tempo, reconhecer e valorizar o trabalho dos profissionais de comunicação.

Foto de: Arquivo Pessoal

premios_cnbb_arquivo_pessoal

Padre Rafael Vieira é acessor da comissão
para Comunicação da CNBB

A CNBB destaca também os valores impressos nas obras como testemunhos de um olhar atento ao que acontece na sociedade, por meio da denúncia de seus erros ou omissões ou da afirmação de vivências que se tornam exemplos e modelos de atuação, para a construção de um mundo melhor, mais solidário e fraterno. Os prêmios levam em conta também a valorização da dimensão espiritual do ser humano e sua capacidade de construir o bem, além da qualidade técnica e artística das obras. Também incentiva e propaga a difusão da produção no sentido de torná-la conhecida e amplamente consumida.

De acordo com o assessor da Comissão Episcopal para a Comunicação da CNBB, padre Rafael Vieira, são esperados trabalhos que coloquem em relevo, de algum modo, os valores humanos e, principalmente, aqueles que estão presentes no Evangelho. 

Novidades

Os trabalhos jornalísticos publicados somente na rede podem ser aceitos na categoria impressa. Mas, como o rádio e a TV também já estão na internet, o mesmo pode acontecer em relação a áudio e o audiovisual. “Se um comunicador tem algum material para apresentar que só teve a publicação na rede pode, tranquilamente, inscrever-se”, ressalta padre Rafael.

Este ano, as inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 31 de dezembro. Serão escolhidos os melhores trabalhos produzidos entre 2014 e 2015. A cerimônia de entrega dos prêmios está programada para o mês de abril de 2016, em Aparecida (SP).

Os especialistas nas diversas áreas que formam o corpo de jurados de cada prêmio vão indicar três finalistas que serão vistos e analisados por uma comissão de bispos que vai escolher os ganhadores. “Os participantes podem esperar que seus trabalhos serão apreciados com seriedade e interesse. Todos os convidados para ajudar na seleção são professores ou especialistas nas áreas dos prêmios. E os bispos que, em última instância, terão a palavra sobre os ganhadores também foram escolhidos pelos membros do Conselho Episcopal Pastoral, com firme propósito de valorizar todos os trabalhos e escolher os melhores”, explica. 

Conhecendo os prêmios

O mais antigo dos prêmios é o Margarida de Prata, que foi criado em 1967 e já premiou mais de 100 filmes brasileiros entre longas e curtas-metragens e menções especiais.

O prêmio Microfone de Prata foi instituído pela Rede Católica de Radio (RCR) e é atribuído aos programas dessas emissoras que melhor anunciam os conteúdos em favor de uma evangelização e de uma consciência cidadã mais presente na vida social brasileira.

O prêmio Dom Helder Câmara de Imprensa foi criado para destacar as reportagens e matérias que ressaltam os valores humanos ou denunciam as suas violações. Reconhece também a informação construtiva e a boa notícia veiculada pela imprensa brasileira. O JS levou o troféu em 2011, ao tratar sobre a problemática da dependência do crack, em uma reportagem produzida pelos jornalistas Eduardo Gois, Filipe Chicarino e Deniele Simões.

O último prêmio criado pela CNBB foi o Clara de Assis, que distingue obras jornalísticas, ficcionais ou de entretenimento que evidenciam valores humanos e cristãos em suas propostas.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.