Por Deniele Simões Em Notícias Atualizada em 18 MAR 2019 - 10H45

Rádio RB2 alia tradição e modernidade à missão evangelizadora

Quando os missionários redentoristas da Província de São Paulo assumiram a direção da Rádio RB2 de Curitiba (PR), no final de 2011, encontraram um cenário atípico. A emissora ocupava o último lugar na audiência do público e apenas retransmitia programas de outras rádios.

Foto de: Deniele Simões / JS

Gilson Sodré - Deniele Simões JS

Comunicador Gilson Sodré

Com a nova administração, um trabalho de reformulação começou a ser feito e, aos poucos, a rádio foi retomando a audiência que teve no passado, conforme explica o gerente, Douglas Proença.

“Hoje, conseguimos trazer de volta muitos ouvintes que haviam deixado de escutar a emissora e, a cada dia que passa, percebemos a chegada de novos ouvintes”, conta.

Na época em que os missionários da Província de São Paulo assumiram a rádio, Douglas já trabalhava como apresentador e repórter. O profissional foi mantido na emissora e ajudou na construção da nova fase da RB2.

A rádio possui o prefixo mais antigo do estado do Paraná e o terceiro do Brasil. Por isso, Douglas define o trabalho implementado como desafiador e de grande responsabilidade.

Afinal, Curitiba possui cerca de 40 emissoras de rádio, brigando pela audiência do ouvinte. “É uma fase promissora também, porque a gente trabalha o presente, com a base do passado, mas sempre pensando no futuro”, explica.

O repórter Anderson Martins enfatiza os investimentos feitos pela atual gestão na estrutura da rádio, com a implantação de tecnologia de ponta nos estúdios de gravação e ao vivo, nos transmissores, assim como na área administrativa.

Anderson também acompanhou o processo de reformulação da emissora e ressalta o período como de muita dedicação e trabalho. “Foram três anos de resgate do rádio AM, que muitos achavam que já havia falecido”, conta.

Nova programação

Ao contrário da situação em 2012, atualmente a RB2 opera 24 horas, com a maior parte do conteúdo sendo veiculado ao vivo. A base da programação é a religiosidade, o entretenimento, a informação e a prestação de serviços.

 

“A evangelização é pensada em todos os aspectos; quando se trabalha o jornalismo, o entretenimento, a gente passa essa mensagem, assim como a comunicação dos nossos locutores e dos nossos jornalistas”, ressalta Douglas. 

Foto de: Deniele Simões / JS

RB2_2 - Deniele Simões JS

Estúdio de gravação, com equipamentos de última geração

O comunicador Gilson Sodré, que chegou à RB2 para integrar a nova equipe, destaca que o trabalho voltado à evangelização vem ao encontro de uma nova tendência, tanto nas AMs como nas FMs. “O rádio, hoje, está se voltando para a religiosidade, porque é o caminho que as pessoas precisam seguir”, opina. 

Segundo Gilson, o rádio, enquanto veículo de comunicação, permite uma programação mais conversada, em que o comunicador interage com o ouvinte o tempo todo, levando também entretenimento.

Ele também cita a necessidade de mais aproximação com o ouvinte como uma oportunidade. “Como não há aquela obrigação de fazer uma programação voltada exclusivamente para a música, existem ‘n’ possibilidades: do trânsito, de uma receita, de uma dica doméstica, de uma dica de saúde”, completa.

Tradição e modernidade

Uma característica marcante na nova programação é aliar tradição e modernidade. De acordo com Douglas, a emissora apoia-se na história gloriosa do passado, apontando sempre na direção do futuro, com o uso de novas tecnologias, uma equipe jovem e a interatividade com o público.

A questão da interatividade é levada muito a sério, tanto que a participação do público tem sido muito grande, seja nos programas ao vivo, pelo telefone, ou via redes sociais.

Fotos de: Deniele Simões / JS

Douglas Proença - Divulgação RB2

Douglas Proença (acima) e Anderson Martins acompanharam
as mudanças desde o início da nova gestão

Anderson Martins - Deniele Simões JS

Além da presença maciça nas ondas do rádio, a RB2 está na internet, com presença nas mídias digitais e no site da emissora, que é fonte de notícias e link de transmissão ao vivo de toda a programação.

Para o operador de gravação Luiz Gustavo dos Santos Souza, é muito bom atuar em uma rádio que está de cara nova e se recolocando no mercado. “Tendo a estrutura e o nome que a rádio tem, acaba dando um ânimo a mais em levar a melhor programação para os ouvintes”, diz.

Um pouco de história

A Rádio RB2 é a terceira emissora mais antiga do Brasil e foi criada no dia 27 de junho de 1924, com o nome de Rádio Clube Paranaense. Na década de 1930, ganhou notoriedade nas transmissões futebolísticas. Na época obteve o prefixo PRB-2, passando a ser chamada de B-2 pelos ouvintes curitibanos.

Ao longo desses quase 92 anos de história, a RB2 foi administrada pela arquidiocese de Curitiba e pelos Irmãos Maristas. A administração dos missionários redentoristas marca agora uma fase de renovação e modernidade.

Saiba mais sobre a emissora. Acesse: radiorb2.com.br

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.