Por Deniele Simões Em Notícias

“Voz também envelhece”, alerta médica

A médica otorrinolaringologista do Hospital São Vicente (Funfef) de Curitiba (PR), Tatiana Patruni, bate um papo com o JS sobre um problema chamado presbifonia.

Foto de: Reprodução

Envelhecimento Vocal - Reprodução.jpg

Presbifonia ou envelhecimento vocal interfere
diretamente na qualidade vocal, além de causar
problemas na vida cotidiana, como cansaço, falta
de ar e dificuldade de ser compreendido pelo outro

A presbifonia nada mais é do que o envelhecimento da voz, que pode afetar ambos os sexos, mas as mulheres estão mais propensas a sofrer da doença, em função da perda de hormônios pós-menopausa.

A presbifonia interfere diretamente na qualidade vocal, além de causar problemas na vida cotidiana, como cansaço, falta de ar e dificuldade de ser compreendido ao telefone.

Segundo a especialista, o envelhecimento vocal se dá em função da perda de massa e de tônus da musculatura da laringe, além do enrijecimento das cartilagens laríngeas. O problema torna-se mais perceptível a partir dos 60 ou 70 anos, mas pode afetar jovens portadores de doenças neurológicas, endocrinológicas ou musculares.

Tatiana Patruni alerta que o envelhecimento vocal e da musculatura da boca, faringe e laringe pode provocar alterações na deglutição, facilitando os engasgos e aspirações.

A seguir, a profissional fala sobre os principais métodos de diagnóstico, orienta sobre prevenção e conta como acontecem os processos de tratamento da presbifonia.

Jornal Santuário de Aparecida – O que é o envelhecimento vocal e por que isso acontece com o ser humano?

Tatiana Patruni – Também chamado de presbifonia, o envelhecimento vocal é o processo em que ocorre perda de massa e tônus muscular associado à degeneração neurológica e ocorre em todo o corpo, principalmente em mulheres pós-menopausa.

JS – Qual o grau de conhecimento das pessoas em geral acerca do problema?

Tatiana – O conhecimento sobre o problema, assim como a procura aos atendimentos em otorrinolaringologia, vem aumentando a cada dia. A preocupação com a existência de alguma doença grave, como por exemplo o câncer de laringe, é o que leva o paciente a procurar ajuda.

JS – Que tipos de pessoas estão mais sujeitas a adquirir o problema?

Tatiana – Ocorre principalmente em mulheres após a menopausa, devido às alterações hormonais que ocorrem nesse período. A voz humana é muito sensível a alterações hormonais, principalmente aos hormônios sexuais, portanto nas fases de maior alteração desses hormônios é que se percebe maior alteração da voz.

Foto de: Arquivo Pessoal

Dra. Tatiana Patruni - Arquivo Pessoal.jpg

"Ao menor sinal de rouquidão
ou dor para falar, deve-se
procurar um profissional da área
de otorrinolaringologia para
realização de exame detalhado",
alerta Tatiana Patruni

JS – O envelhecimento vocal pode ser prevenido? 

Tatiana – Sim. Em geral, todas as alterações vocais causadas pelo envelhecimento podem ser retardadas ou mesmo evitadas com o treinamento vocal adequado e contínuo.

JS – O envelhecimento vocal pode ocorrer em pessoas mais jovens ou que forçam muito suas vozes?

Tatiana – Em indivíduos mais jovens, a presbifonia pode ocorrer principalmente se associada a alguma doença neurológica, endócrina ou muscular. As pessoas que tiveram algum tipo de treinamento vocal durante a vida, como por exemplo o canto, provavelmente sentirão menos os efeitos do envelhecimento vocal.

JS – Quais são as melhores formas de diagnóstico e tratamento?

Tatiana – Ao menor sinal de rouquidão ou dor para falar, deve-se procurar um profissional da área de otorrinolaringologia para a realização de exame detalhado. A videolaringoscopia é o exame que visualiza diretamente as cordas vocais e demais estruturas laríngeas, auxiliando no diagnóstico correto e precoce. Uma vez diagnosticada a presbifonia, o treinamento vocal com fonoaudiólogo – chamado de fonoterapeuta – é, inicialmente, o mais indicado.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.