Por Jornal Santuário Em Jornal Santuário

O beabá dos cuidados com a pele para exposição ao sol

Verão

Quando a temperatura aumenta, o verão chega e as idas à praia e piscina ficam mais frequentes, é importante tomar alguns cuidados, principalmente quando falamos da pele, seja do rosto ou do corpo. No verão é fundamental deixar a pele sempre limpa e hidratada. Usar um sabonete específico para seu tipo de pele e um tônico também é uma boa saída para amenizar oleosidade, comum em dias mais quentes.

Um alerta para essa época do ano, é o uso excessivo do sabonete esfoliante. Cuidado! O recomendado é usá-lo apenas uma vez por semana para evitar o ressecamento da pele.

Quanto à hidratação, é importante usar os cremes hidratantes em fluido, pois tem rápida absorção e não deixam a pele melada. O uso excessivo do sabonete resseca muito a pele. Dois banhos por dia já são suficientes para manter a pele limpa. Se houver um terceiro, a dica é não usar o sabonete.

É, sem dúvida, essencial o uso do filtro solar todos os dias. Para escolher o melhor produto a dica é analisar se a marca combate os raios ultravioleta A e a radiação ultravioleta B, verificando os índices de FPS (filtro de proteção solar) e PPD (pigmentos persistentes de pigmentação), que são os principais protetores contra os raios que prejudicam a nossa pele.

Outra dica é aplicar o filtro solar 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicá-lo a cada 3 horas. Lembre-se que além da face é importante aplicar o filtro na nuca, orelhas e boca.

Evitar o sol diretamente e principalmente entre 10h e 16h, quando a radiação está mais intensa. E aqui não estamos falando só de estética, como manchas e envelhecimento precoce, e sim de saúde, na prevenção contra o câncer de pele. Um outro alerta é para o uso de perfumes na praia ou na piscina. Alguns produtos têm substâncias fotossensibilizantes que deixam a pele muito sensível, podendo ocasionar manchas.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia mostrou em um estudo que 70% da população não usa o filtro solar. Então os hidratantes acrescidos dessa proteção é superindicado, pois facilita a aplicação e tem praticidade no dia a dia. O importante é atentar-se ao fator de proteção, que nesses casos deve ser de no mínimo 30. Mas, se a exposição ao sol for por um longo período de tempo, como na prática de uma atividade física ao ar livre, por exemplo, a dica é usar o filtro solar.

Não existe um fator mínimo geral. O fator de proteção varia de acordo com tipo de pele. Para as peles muito claras, que quase não se expõem ao sol, o cuidado deve ser redobrado e o fator solar deve variar de 60 a 70; para as claras que se bronzeiam o ideal é o fator de no mínimo 50, para as morenas claras de 30 a 45; para as peles morena jambo, 30; para pele negras entre 15 e 30. 

Natalie Lucasech
Especialista em biomedicina estética

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário , em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.