Jornal Santuário

O Poder da Oração

Escrito por Redação A12

21 JUN 2021 - 00H00 (Atualizada em 21 JUN 2021 - 09H09)

Shutterstock/ Pazargic Liviu Jovem em oração; meditação; rezar (Shutterstock/ Pazargic Liviu)

Orar é colocar-se em diálogo íntimo e profundo com Deus. Quando oramos, nosso coração se une espiritualmente ao coração do Pai. E, neste encontro profundo, mergulhamos na misericórdia do Senhor.

Em uma sociedade extremamente agitada e veloz, a oração readquire um lugar especial. São tantas as propostas de felicidade, que nos são oferecidas, que corremos um sério risco de nos perdermos nas ilusões passageiras e acharmos que a felicidade está no ter e no possuir.

Leia MaisQual o remédio para curar o coração de uma pessoa infeliz?
Contudo, quando iniciamos uma vida de oração, descobrimos, gradativamente, que a felicidade é fruto do amor de Deus por nós. Por isso mesmo a oração tem o poder de restaurar corações e transformar vidas.

Nossa vida de fé é um caminho que a cada dia vai sendo trilhado no contato amoroso com Deus. Quando deixamos de orar, nossa alma desfalece e, gradativamente, nossa fé diminui. Quanto mais rezamos mais estamos unidos a Deus e maiores serão os efeitos da oração em nossa vida.

O poder da oração nos restaura, desfaz o pessimismo e reacende novas manhãs de esperança em nós. Nos momentos de oração, nossa alma se une a Deus te tal maneira que um novo tempo é inaugurado em nossa vida. O amor de Deus abraça-nos na misericórdia de sua bondade infinita.

Quem busca forças na oração renova-se diariamente. Por isso mesmo é sempre necessário adquirirmos a consciência de que ter uma vida de oração é vital para a nossa saúde espiritual. Nossa alma se alimenta daquilo que a ela oferecemos e, quando rezamos, estamos fortalecendo nossa vida contra os vírus da maldade, que querem destruir nosso sistema imunológico espiritual. 

Uma alma fortalecida pela oração supera em Deus as dificuldades da vida, e, mesmo que as tempestades sejam fortes e causem medo, a pessoa tem a certeza de que não está sozinha no braço da vida, porque Jesus está sempre segurando suas mãos. A misericórdia do Senhor se une a nossa condição humana também por intermédio de nossas súplicas, clamores e louvores.

Que o poder da oração transforme nosso coração em um altar de eterno louvor ao Senhor! 

 

Padre Flávio Sobreiro - é presbítero e pertencente ao clero da Arquidiocese de Pouso Alegre (MG) 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.