Por Patrícia Palandi Em Comportamento

Alimentos que não podem faltar na vida de um jovem

alimentação

A nossa alimentação tem a função de fornecer ao nosso corpo os nutrientes que precisamos para o funcionamento adequado do organismo, é dela que conseguimos nossos estoques de energia (proveniente dos carboidratos), nutrientes essenciais ao crescimento e manutenção do corpo humano (proveniente das proteínas) e micronutrientes importantíssimos para as reações químicas do nosso organismo que ajudam diretamente no bom funcionamento do nosso corpo (proveniente das vitaminas e minerais).

Devido a vida corrida do dia-a-dia, os jovens de hoje, principalmente os inseridos no mercado de trabalho, estão trocando uma alimentação balanceada por ``lanches rápidos´´. O estilo de vida e a má alimentação são os dois grandes vilões para se desenvolver o diabetes, hipertensão, obesidade, entre outras doenças crônicas não transmissíveis. Deve haver uma conscientização para vida saudável!

Felizmente, os meiso de comunicação têm firmado bastante o conceito de hábitos saudáveis (alimentação equilibrada + prática diária de atividade física) e aos poucos os jovens estão vendo a importância desses valores.

Os alimentos mais importantes que não podem faltar na vida de um jovem são: frutas, verduras, legumes e água. O consumo de pelo menos 3 unidades de frutas diária e vegetal (almoço e jantar) é importantíssimo para controle de peso e manutenção da saúde. Muitos jovens relatam o esquecimento do consumo de água, a quantidade diária do consumo é individualizada, basta você fazer uma conta simples: Pegue seu peso e multiplique por 35ml.

Exemplo: pessoa de 60kg deve consumir 2.100ml de líquidos por dia, metade disso, ou seja, 1.050 deve ser obrigatoriamente água e outra metade 1.050 outras bebidas (ex. suco de frutas natural, água de coco, chás em infusão, etc).

Algumas recomendações importantes para os jovens são:

- Não pule refeições (comer a cada 3 horas alimentos saudáveis em quantidades pequenas) pois é a melhor maneira de controlar o peso e manter bons níveis de glicose no sangue;

- Calcule e consuma sua quantidade ideal de líquidos por dia;

- Não substitua refeições por lanches (almoço e jantar) muito menos por shakes, mastigar é muito importante, o corpo vai recebendo avisos e se preparando quimicamente para a assimilação dos nutrientes, até o momento que dá sinais de apetite saciado. Assim, a mastigação pode ser considerada um excelente medidor para a quantidade adequada de alimentos a se ingerir;

- Consuma frutas juntamente com fibras no intervalo das refeições (exemplos: chia, linhaça, quinoa, amaranto, aveia, etc);

- Pratique exercícios físicos pela menos 4 vezes por semana, durante o processo de atividade física o corpo aumenta a produção de serotonina e endorfina causando sensação de bem estar, prazer, felicidade, ajudando assim a combater as dificuldades do dia-a-dia.

patricia palandi assinatura

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Patrícia Palandi, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.