Por Jovens de Maria Em Comportamento Atualizada em 18 JAN 2018 - 12H48

Como se livrar do consumismo

Você pode até não ser compulsivamente consumista, mas será que você passa livre no teste do consumismo? Pense em suas roupas, sapatos, dispositivos eletrônicos, e até na dispensa de alimentos, será que não tem algo sobrando por aí?

consumismo

É bom pensar! Papa Francisco nos convida a fazer: refletir sobre nossa relação com os recursos nos dado pelo Planeta. E sim, o tamanho do seu guarda-roupa, o descarte de baterias velhas e o vencimento dos alimentos no seu armário têm tudo a ver com o resto do mundo!

O subsídio da Campanha da Fraternidade do ano passado vai nos alertar que: “O cuidado com a Casa Comum não depende só do poder público. Exige uma mudança profunda na forma como nos relacionamos com os recursos naturais. Individualmente, também somos responsáveis”.

Por isso, o Jovens de Maria quer te ajudar com algumas dicas que podem te ajudar a identificar se você é ou não consumista e como pode se livrar do exagero de compras!

1- Pergunte sempre se você realmente precisa daquele produto

Quantas vezes você comprou um objeto ou alimento, só porque gostou da embalagem, achou bonito, interessante, inovador ou, simplesmente, porque ficou com vontade? Antes de decidir comprar algo, se pergunte se você realmente está precisando daquilo. Pense no que você já tem em casa e na funcionalidade deste novo produto. Isso pode te ajudar!

2- Repense o verdadeiro motivo de sua compra

Pode ser que você dê uma desculpa como resposta à pergunta acima e encontre uma razão para comprar algo. Mas, pra se livrar do consumismo, você precisa ser sincero com você mesmo. Essa compra é pela função do produto ou é pra te satisfazer, pra cobrir uma ansiedade, ou pra te fazer esquecer algo que está se passando? Responda de forma verdadeira e corte pelas raízes o consumismo!

3- Faça uma lista de compras e atenha-se a ela

Antes de sair às compras, seja no mercado, em lojas de roupas, ou quando for escolher um presente, faça uma lista do que você precisa comprar e não adquira nada além do que está nela! Falsas necessidades podem surgir ao longo do percurso.

4- Passeie menos por lojas, físicas ou online

Uma grande tentação é andar por shoppings, ou navegar por lojas online! A todo momento, vitrines e anúncios piscam a nossa frente e podem nos enganar em nossas verdadeiras necessidades. Tome cuidado e, se for necessário, evite esses passeios no comércio de sua cidade, ou pelas lojas virtuais.

5- Doe o que te sobra!

Um remédio que a própria Quaresma nos propõe – a esmola – pode ser muito eficaz para nos livrar do consumismo. Está sobrando roupas, sapatos e outros objetos no seu guarda-roupa? Faça uma doação! Ou, não está conseguindo se controlar nas compras? Que tal, então, ao invés de comprar algo pra você, investir seu dinheiro em alimentos, roupas ou brinquedos para doar a famílias carentes? Isso poderá te fazer muito mais feliz!

Em suas intenções, Papa Francisco pediu para voltarmos o olhar ao cuidado da Casa Comum e pediu que nos libertemos do consumismo. Veja o vídeo:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.