Por Fabiana Luckemeyer Em Comportamento

Para início de conversa... Pequenas mudanças geram grandes resultados!

Início de ano, muitas reflexões, planos, promessas, algumas realizações outras frustrações, e assim terminou mais um ano e outro se iniciou.

Normalmente nos cobramos de algumas coisas que não fizemos e somos muitas vezes cobrados pelos pais, amigos, namorado (a) por coisas que procrastinamos (deixamos de fazer), em geral somos cobrados por pessoas que gostam de nós e querem o nosso bem, né? Já pensou nisto? Ninguém gasta tempo e saliva para “cobrar” algo de alguém que não gosta. O desconhecido não vai te cobrar se estudou o suficiente para passar no vestibular, até porque ele não está nem aí.

Mas a cobrança pior vem de nós mesmos!

PORÉM, ao invés de gastar massa encefálica nos cobrando, o ideal seria gastar esta mesma energia vital FAZENDO a nossa parte.

Pequenas mudanças geram grandes resultados.

Por exemplo, nao preciso emagrecer 10 kg de uma vez só, em poucos meses... eu posso emagracer 300g sempre até atingir meu peso esperado, nem que isso demore um ano.

Para que 2015 seja ainda melhor faça pequenas reflexões, perguntando-se:

O que eu gostaria para este ano? Que ações devo ter para alcançar o que gostaria?

Complete as frases: “Eu preciso ser mais?” Ex: organizado, persistente, paciente...

“Eu preciso ser menos?” Ex: ansioso, briguento...

Escreva esta lista e guarde-a num lugar onde, no meio do ano, você possa reler esta mesma lista e analisar se está no caminho certo e talvez até mesmo reescrever algum item.

Faço isto com todos meus pacientes adolescentes, jovens e adultos e é muito legal os resultados e a vontade que eles tem de não se decepcionar.

Você pode estar se perguntando: mas o que ganho com isto?

Normalmente comparamos nossa vida com a dos outros, ainda mais neste mundo interligado pelas redes sociais que podem divulgar tudo sobre a vida de todos, e as vezes percebemos que a vida do outro está melhor que a nossa, realmente melhor e achamos que ter vida boa é só para os outros...

E eu digo para vocês que ter vida boa e sentir-se realizado é para VOCÊ!!! Lembrando que aquelas pessoas que tem Vida Boa fizeram por merecer e se DERAM AO TRABALHO para chegar onde chegaram e ter o que tiveram...

A pessoa se deu o trabalho, por isso a vida dela fica melhor, ela realiza suas metas de vida para o dia, mês e ano!

Em suma, a SUA vida pode ser melhor ou tão boa quanto qualquer vida que observar caso você opte por SE DAR O TRABALHO e fazer o que deve ser feito, daí não ficará “babando” na vida dos outros e muito menos invejando. Até porque sentir inveja é normal, mas ao invés de invejar copie o que foi bom e sinta como é bom ter uma vida bacana. E tenha boas referências.

Para exemplificar e justificar tudo que escrevi, esta semana eu voltei de uma viagem maravilhosa de esqui, esporte que eu gosto demais, porém é uma esporte difícil, trabalhoso e muito caro... não estou falando isto para me “gabar” e SIM para provocar e passar para vocês que tudo que é bom é para nós e não somente para o vizinho e amigo. Quando estou lá no alto das montanhas deslizando na neve, vendo aquela paisagem linda, ouvindo uma música gostosa e o sol batendo no rosto, agradeço a Deus pela oportunidade e me dá uma sensação de gratidão tão grande que o meu desejo é que todos consigam ou possam passar por este tipo experiência! Este é um exemplo de se dar ao trabalho. Trabalhar seriamente, guardar dinheiro, planejar, ter coragem e agir.

E isto TODOS vocês podem fazer dentro do limite de idade e realidade socioeconômico, social e cultural. Se eu posso, vocês também podem! Como?

SE DANDO AO TRABALHO de fazer o que deve ser feito, sem ansiedade e pressa!

Faça pequenas mudanças, alinhe seus valores com suas atitudes... não adianta arrumar a mala com roupas de frio para ir ao Rio de Janeiro... todo desejo requer um mínimo de planejamento e ordem. A disciplina, ao contrário do que muitos pensam, não é quadrada, escravizante e sim libertadora. Se proponha realizar sua lista e estará cada ano mais próximo de seus sonhos e metas.

Boa sorte e bom “trabalho”!

Grande abraço,

fabiana

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fabiana Luckemeyer, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.