Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé

5º dia de preparação para a Páscoa: Felizes os misericordiosos

Estamos no quarto mês do Ano da Misericórdia e a pergunta que a bem-aventurança de hoje vem nos sugerir é: o que aprendemos, nestes meses, sobre a misericórdia? Quanto nós já mudamos? Já passamos a ser mais misericordiosos?

É exatamente a bem-aventurança que o Papa Francisco nos pede para “inspirar-nos com particular empenho neste Ano Santo”:

“Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia”

(Mateus 5,7)

bem_aventuranca_jm_05

1 - A recompensa

O Ano da Misericórdia, como já sabemos, é um tempo propício que a Igreja nos oferece para experimentarmos a misericórdia de Deus. Aqui no Santuário Nacional de Aparecida, como em todas as dioceses do Brasil e do mundo, nós temos a Porta Santa, um grande sinal do amor de Deus.

Passando pela Porta Santa e fazendo as práticas pedidas pelo Papa, acreditamos que Deus nos concede o perdão de todos os nossos pecados e, além disso, Ele concede que se encerre todo o mal causado por eles, que pode ter atingido outras pessoas. Não é linda essa misericórdia de Deus? E essa é a recompensa que Jesus nos promete!

2 - A condição

No entanto, a bem-aventurança e o próprio Papa Francisco vão nos ensinar que para alcançar a misericórdia é preciso ser misericordioso também.

“Jesus declara que a misericórdia não é apenas o agir do Pai, mas torna-se o critério para especificar quem são os seus verdadeiros filhos”, diz o Papa Francisco na bula Misericordiae Vultus.

3 - Ser misericordioso

Não julgar, não condenar, não usar de violência, nas atitudes e nas palavras, não cultivar a raiva, não ser vingativo, todas essas ações são praticadas por aquele que é misericordioso.

Mas, acima de tudo, o Papa Francisco ressalta: “O perdão das ofensas torna-se a expressão mais evidente do amor misericordioso e, para nós cristãos, é um mandamento do qual não podemos deixar de lado”.

4 - Colocando em prática

Que nesta Quaresma, você possa rever suas atitudes e suas relações. Será que você tem sido misericordioso? Quem você está precisando perdoar? De quem você está com raiva? O que pode te ajudar é se confessar, rezar e fazer uma experiência de misericórdia com Deus.

Ah! E não se esqueça de olhar mais em volta e procurar identificar as pessoas que sofrem espiritual, emocional ou materialmente. Como podemos agir concretamente com misericórdia? Às vezes, podemos fazer alguma doação de alimento, financeira ou, até mesmo, podemos doar um pouquinho do nosso tempo. Que tal?

E assim seguimos nossa Quaresma, rumo a alcançarmos a misericórdia!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.