Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé

6º dia de preparação para a Páscoa: Felizes os de coração puro

Será que pureza se refere apenas a ser casto? O que Jesus quis dizer quando nos pediu pra sermos “puros de coração”? É sob estes questionamentos que começamos o sexto dia da nossa preparação de Páscoa, que reflete sobre a bem-aventurança:

“Felizes os de coração puro, porque verão a Deus”

(Mateus 5,8)

bem_aventuranca_jm_06

1 - A recompensa

Como podemos ver a Deus? Aqui, podemos pensar em duas linhas: a recompensa terrena e a celeste. A primeira, podemos dizer que veremos a revelação de Deus Amor no próximo. Isto é, experimentar um pouquinho do que é o Céu – a presença plena de Deus – já aqui na Terra por meio do bem, do amor e da misericórdia.

A segunda, como todas as bem-aventuranças, quer nos ensinar um caminho para o céu. Claro, veremos a Deus no céu!

2 - A condição

Quando falamos de pureza, muitos já podem pensar na questão da castidade. Sim, ser casto, com certeza, é uma das virtudes de quem tem o coração puro. Mas não é só a isso que Jesus se referiu. Aliás, há muitas outras maneiras de impureza que devemos rejeitar.

Quando Jesus ensina a bem-aventurança, Ele diz sobre aqueles que entregam o coração e a inteligência a Deus, de forma a querer buscar a santidade.

3 - Coração puro

E, falando sobre pureza e santidade, há três campos principais que podemos elencar nos ensinamentos bíblicos:

- Caridade: aquele que tem o coração puro, busca a justiça, o amor, a paz, não cedendo a impurezas que podem ferir o próximo;

- Amor à verdade: os de coração puro não se inclinam à desonestidade, não agem com maldade ou segundas intenções. Amam a verdade, a procuram, a vivem;

- Castidade: como falamos, antecipadamente, é uma virtude indispensável para quem quer ter um coração puro. Com diz São Paulo, "Deus não nos chamou à impureza, mas à santidade” (1 Ts 4,7).

4 - Colocando em prática

Que nesta Quaresma, possamos rever com sinceridade nossas intenções de atitudes e pensamentos. Como temos nos relacionado com os outros? Temos sido honestos, rejeitamos nossas impurezas? É bom refletir!

Ah! Aproveite para olhar um pouquinho mais em volta e pensar de que maneira você pode auxiliar as pessoas próximas a você a verem a Deus.

E assim seguimos nossa Quaresma, rumo ao encontro com Deus!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.