Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé

9º dia de preparação para a Páscoa: Felizes os insultados

Estamos pertinho de iniciar a Semana Santa e, neste nono dia da nossa preparação para a Páscoa, queremos refletir sobre um tema que pode nos ajudar a viver bem, principalmente, a Sexta-feira Santa:

“Felizes sereis vós, quando os outros vos insultarem e perseguirem, e disserem contra vós toda espécie de calúnias por causa de mim”

(Mateus 5,11)

bem_aventuranca_jm_08

1 - Perseguição de novo?

Na bem-aventurança anterior, que meditamos ontem, Jesus fala que quem for perseguido por agir retamente, chegará ao Reino dos Céus. Logo depois, na bem aventurança de hoje, ele reforça, mais uma vez, sobre a perseguição. Por quê?

Desta vez, Jesus especifica que o motivo da perseguição é ser cristão, os insultados por serem discípulos de Cristo. Além disso, Ele não fala sobre nenhuma outra recompensa, a não ser, ser “feliz”.

2 - Jesus não sofreu por nós?

São Paulo, em suas cartas, por várias vezes vai dizer que se alegra por conta dos sofrimentos, insultos e perseguições. Ele entendeu e viveu bem essa bem-aventurança. Vamos então aprender com ele!

Em Colossenses 1,24, ele vai dizer: “Agora me alegro com os sofrimentos que suporto por vós e vou completando em minha carne o que falta aos sofrimentos de Cristo, em favor de seu Corpo, que é a Igreja”.

Como assim, falta alguma coisa no sofrimento de Cristo? Acontece que Jesus nos redimiu de todos os pecados com sua morte e ressurreição. No entanto, para participar de sua Redenção, precisamos unir nosso sofrimento ao dele, completando assim sua Paixão.

3 - A recompensa

São Tiago também vai nos ensinar: “Considerai como perfeita alegria, meus irmãos, quando enfrentais toda sorte de provações, sabendo que a prova de vossa fé produz a constância” (Tg 1, 2-3).

Além de tudo, os sofrimentos ainda nos ajudam a nos mantermos fiéis à nossa fé e aos caminhos do Evangelho. Por isso, entendemos o que diz Jesus, que alegria!

4 - Colocando em prática

Que nesta Quaresma, possamos aprender a dar um novo olhar para nossos sofrimentos. Vamos uni-los aos sofrimentos de Cristo. Se formos perseguidos, se formos humilhados, caluniados, permaneçamos firmes! Permaneçamos alegres por participar da paixão do Senhor!

Ah! E aproveite para olhar um pouquinho mais em volta e perceba as pessoas que estão sofrendo perto de você. Sabe aqueles sofrimentos pelos quais a gente não tem muito que fazer? Ajude essas pessoas a encontrarem esse sentido maior em Cristo e serem mais felizes.

E assim seguimos nossa Quaresma, rumo à bem-aventurança!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.