Por Everton Lucas Em Crescendo na Fé Atualizada em 26 SET 2017 - 15H11

Carregue sempre em seu rosto a felicidade que somente o Evangelho traz

evangelhoVemos constantemente nas propagandas, comerciais, outdoors, pessoas lindas mostrando algum produto que queriam que a gente comprasse. Um detalhe muito importante nesses comerciais, e que é indispensável, é o sorriso no rosto das pessoas que estão fazendo a propaganda daquele produto. Sim, elas precisam mostrar que são felizes com o produto que adquiriram.

É difícil ver pessoas tristes fazendo esse tipo de trabalho. Muito pelo contrário: as empresas têm todo o cuidado de sempre chamarem pessoas bonitas, com sorriso brilhante, cabelos bem cuidados e bem vestidos para serem a representação da felicidade que aquele produto irá gerar em quem o adquirir. O certo é que em momento algum podem parecer insatisfeitas no que estão fazendo.

Vou me utilizar desta comparação com os comerciais, tão presentes em nosso dia a dia, para poder falar sobre como devemos nos portar em nossa atividade evangelizadora no contexto atual. Ora, vamos comparar juntos! Acredito que ninguém compraria um produto no qual os garotos ou garotas propaganda estivessem com cara de insatisfação. Da mesma forma acontece quando vamos anunciar a nossa fé - see nós saímos para fazer esse anúncio com “cara amarrada”, ou mesmo com uma expressão insatisfeita, certamente aquela ação de evangelização se transformará em uma “ação de frustração”.

Ninguém vai se interessar em aderir a sua fé se nem você mesmo parecer contente com ela. Não digo para se utilizar de uma máscara de alegria no rosto para que ninguém nem chegue a perceber qualquer ar de tristeza. Assim seria falsidade demais, ou seja, propaganda enganosa. Mas o que acontece é que muita gente por aí quer evangelizar as pessoas, mas como só veem o lado negativo das coisas, não conseguem fazer com que os outros se interessem em ao menos conhecer a riqueza e a beleza de ser cristão, de ser um Jovem de Maria.

 

"Hoje precisamos de uma evangelização sincera"

Hoje precisamos de uma evangelização sincera. Sem máscaras, feita de coração. Mostrar que para seguir a Jesus Cristo é necessário de sacrifícios, renúncias e, por vezes, lágrimas. E também mostrar que a recompensa é muito maior do que qualquer outra que podemos encontrar em qualquer lugar ou em qualquer tempo.

Basta olhar o próprio Evangelho e aprender com o próprio Mestre. O que Ele fez? Disse: “Quem quiser me seguir, tome sua cruz, renuncie a si mesmo e me siga.”( Lc 9 ,23). Jesus não disse que o seguimento seria um mar de flores, mas também não disse que seria um mar de dores, pois nos promete o Reino dos Céus, a Vida, e Vida em plenitude. Essa é a verdadeira evangelização, com sinceridade.

Interessante a gente ver a origem da palavra “sincero”. Na Roma antiga os escultores tentavam disfarçar as imperfeições de suas obras rebocando com cera. Assim o comprador não percebia as falhas do produto. Com o passar do tempo, a cera se desgastava e aquela obra deixava de ser algo cum cera e passava a ser sine cera. Ali se revelava a obra da forma como ela foi feita, com suas imperfeições, mas também com sua originalidade.

Da mesma forma deve ser a nossa ação evangelizadora! Jovens que testemunham a alegria de viver a fé em Jesus Cristo, mas também jovens que pagam o preço para ter esta felicidade, alegria sem fim, tesouro que nem a traça corrói e nem a ferrugem destrói (Mt 6, 19).

 

"Sejamos jovens propagandas de uma fé que nos traz a vida"

Vamos todos nos empenharmos para carregar sempre em nosso rosto essa felicidade que somente o Evangelho nos traz. Sejamos jovens propagandas de uma fé que nos traz a vida, de um Cristo que se fez jovem como nós para ser a alegria da nossa juventude e de uma Mãe que se fez serva de Deus e carregou o próprio Deus em seu ventre.

Carreguemos também a Deus em nosso rosto e em nosso coração, para assim transbordarmos isso a todos que nos rodeiam. Somente assim a nossa evangelização será eficaz e mais pessoas se sentirão chamadas a provar deste Amor de Deus que nos preenche.


Escrito por
Everton Lucas (Fotos Everton Lucas)
Everton Lucas

Apresentador e estudante de comunicação.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Everton Lucas, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.