Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 23 JAN 2018 - 16H38

Entenda a Campanha da Fraternidade 2014

Neste ano de 2014, a Campanha da Fraternidade, da Conferência Nacional dos Bispos no Brasil (CNBB), segue o tema Fraternidade e Tráfico Humano. Um debate delicado e profundo que merece atenção, afinal, são inúmeras as escravidões consequentes das atividades criminosas que transformam pessoas em mercadorias.

Trata-se do entendimento de uma realidade cruel que viola os direitos humanos. O tráfico humano é a exploração e o comércio de seres humanos; sendo a maioria das vítimas pertencentes às classes baixas e/ou em situação de vulnerabilidade. As vítimas não sabem que estão sendo traficadas, elas caem na promessa de uma vida melhor e são enganadas.

Sendo hoje a terceira atividade mais lucrativa no mundo do crime, o tráfico de pessoas envolve diversas atividades como adoção ilegal de crianças, transplante de órgãos, prostituição e exploração sexual e trabalho escravo, acometendo homens, mulheres, jovens e crianças. Uma consequência do capitalismo que utiliza pessoas não só como consumidoras, mas como produtos, fonte de lucros.

Estar atento à realidade da mercantilização das pessoas é uma das principais formas de lutar contra este crime. É preciso ter compromisso social com a vida. O tema da Campanha de 2014 é muito pouco citado na mídia e debatido na sociedade, talvez por estar distante de algumas realidades. Mas o problema existe, e precisa estar em evidência para ser combatido.

Informações – Há sites e organizações especializadas em divulgar em divulgar e lutar contra o tráfico humano. Veja abaixo quatro sugestões para conhecer os fatos e se aprofundar no tema:

Movimento Nacional pelos Direitos Humanos - https://www.mndh.org.br/

Plataforma Tráfico de Pessoas - https://plataformatraficodepessoas.blogspot.com.br/

Rede Um Grito Pela Vida - https://redeumgritopelavida.blogspot.com.br/

Repórter Brasil - https://reporterbrasil.org.br/

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.