Por Everton Lucas Em Crescendo na Fé Atualizada em 26 SET 2017 - 14H03

O Natal da misericórdia

O ano da misericórdia foi proclamado pelo Papa Francisco no ano passado e teve seu encerramento no dia 20 de novembro deste ano. Mas esta foi e é uma temática que muito tocou a todos nós neste período e até agora. Tendo em vista que a misericórdia do Senhor é infinita, e que não existe data específica para celebrar, vamos falar hoje sobre o nascimento de Jesus que se aproxima e nos dá a certeza do quão grande é a misericórdia de Deus por nós.

Anjo Natal

Foto: pixabay.com

Acredito que o objetivo do Papa foi esse, de fazer com que este ano da misericórdia que se encerrou possa se perpetuar em nossos corações para que sejamos propagadores desta mesma misericórdia que Jesus nos trouxe.

Deus, em sua infinita bondade, em um ato de amor à Sua criação decide manifestar-se em meio aos homens por Seu Filho Jesus. Se formos analisar somente esse acontecimento já podemos aqui vislumbrar a misericórdia do Pai por todos nós. Em toda história conhecida, em toda mitologia ou crença, não chegamos a conhecer nenhum Deus que tenha superado as barreiras do humano e do divino como o nosso.

:: Uma Viagem de Natal

:: Natal é tudo isso mesmo?

E cremos que ele não é mito, que é verdadeiro, O Verdadeiro Senhor da vida. Afinal, qual Deus seria capaz de, em sua divindade, descer de seu trono e se fazer carne, se fazer perecível e frágil como os homens? O nosso Deus teve essa coragem! Isto é misericórdia!

 

A misericórdia é o ato de abaixar-se e se completa no erguer-se.

Eu fico imaginando que definições eu poderia dar acerca da misericórdia. Me vem logo à cabeça um gesto. Se eu fosse representar esta virtude em um gesto ou movimento, este seria exatamente o ato de se abaixar. A misericórdia é o ato de abaixar-se e se completa no erguer-se. Sim, porque se nós somente nos abaixarmos corremos o risco de ficar no chão. Mas ser misericordioso é descer para subir, e ao levantarmos trazemos do chão aquilo que precisa ser erguido.

Assim Jesus veio até nós. Simples, humilde, pequeno. Encarnou no seio da Virgem Maria, escolheu um pai, e nasceu em um estábulo. Aquele que de lá de cima desceu, agora encontra-se sobre as palhas. Viveu entre nós para que ao erguer-se, no alto daquela cruz, nos levasse junto com Ele para a plenitude da glória misericordiosa.

Este é o Natal da Misericórdia. O nascimento de Jesus nos traz tudo o que há de melhor lá do Alto, e almeja sempre nos levar consigo para desfrutarmos de Sua Divindade. Que este ano consigamos enxergar esta realidade que está diante de nossos olhos para contemplar o quão bondoso é Deus conosco. Seu Natal está próximo e Ele nos deseja ao seu redor a adorar. Vinde e adoremos! Feliz Natal a todos!

:: Quais os dias santos do final de ano?

:: Fim de Ano: Quase Lá!

Escrito por
Everton Lucas (Fotos Everton Lucas)
Everton Lucas

Apresentador e estudante de comunicação.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Everton Lucas, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.