Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé

Papa Francisco aos jovens: salvem a esperança!

franciscojovenes_ctv

O último compromisso do Papa Francisco em Sarajevo, capital da Bósnia, foi no Centro esportivo para jovens da diocese, dedicado a João Paulo II, neste último sábado (06).

Parte de um complexo que começou a ser construído em 2006, após a guerra, o Centro é um espaço onde jovens de todas as etnias e religiões podem se socializar, praticar esportes, além da realização de formação religiosa para católicos. Durante a visita do Pontífice, foi inaugurada uma placa em homenagem a São João Paulo II. Cerca de 800 jovens assistiram a este ato solene.

Antes de sua fala, Francisco ouviu o testemunho de dois jovens: um católico e uma ortodoxa, que desenvolvem atividades no Centro Juvenil.

O discurso do Papa

O Papa convidou as instituições a colocarem em prática estratégias oportunas e corajosas para favorecer os jovens na realização das suas legítimas aspirações; e a Igreja, a dar a sua contribuição com projetos pastorais adequados. No entanto, ressalvou, a Igreja deve sentir-se chamada a ousar cada vez mais, partindo do Evangelho e impelida pelo Espírito Santo que transforma as pessoas, a sociedade e a própria Igreja.

“Também a vocês, jovens, cabe um papel decisivo na resposta aos desafios do nosso tempo, que são certamente desafios materiais, mas antes ainda dizem respeito à visão do homem. De fato, juntamente com os problemas económicos, com a dificuldade de encontrar trabalho e a consequente incerteza do futuro, nota-se a crise dos valores morais e a perda do sentido da vida. Diante desta situação crítica, alguém poderia ceder à tentação da fuga, da evasão, fechando-se numa postura de isolamento egoísta, refugiando-se no álcool, na droga, nas ideologias que pregam o ódio e a violência”.

Lembrando aos jovens que estas são realidades que bem conhece porque, infelizmente, estão presentes também em Buenos Aires, de onde provém, Francisco os encorajou a não se deixarem abater pelas dificuldades, mas a fazer surgir sem medo a força que deriva de serem pessoas e cristãos, sementes de uma sociedade mais justa, fraterna, acolhedora e pacífica.  

Jovens: cumpram sua missão!

jovens_bosnia“Vocês são chamados a esta missão: salvar a esperança, para a qual os impele a sua própria realidade de pessoas abertas à vida; a esperança que têm de superar a situação atual, de preparar para o futuro um clima social e humano mais digno do que o presente; a esperança de viver num mundo mais fraterno, mais justo e pacífico, mais sincero, mais à medida do homem”. 

Na sequência, o Papa mencionou o Beato Ivan Merz, proclamado Beato por São João Paulo II em Banja Luka: “Que ele seja sempre o seu protetor e o seu exemplo!”.

Enaltecendo ainda o engajamento dos jovens no diálogo ecumênico e inter-religioso, encorajou todos a perseverar nesta obra com gestos concretos de proximidade e ajuda aos mais pobres e necessitados.

Terminando, recordou que “a juventude não é passividade, mas esforço tenaz por alcançar metas importantes, mesmo que isso custe; não é fechar os olhos às dificuldades, mas recusar os comprometimentos e a mediocridade; não é evasão ou fuga, mas compromisso de solidariedade com todos, particularmente com os mais frágeis”.  Como palavras finais, o Papa pediu que rezem por ele. 

Antes de deixar o local, Francisco saudou alguns jovens enfermos e, do terraço, concedeu a bênção aos fiéis reunidos fora do edifício.

Fonte: Rádio Vaticano

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.