Por Jovens de Maria Em Notícias

6 diferenciais dos universitários que se destacam nas empresas

universitarios jovens

Confira atividades de faculdade e comportamentos dos jovens que se destacam na multidão durante processos seletivos para estágio nas empresas

Com os programas de estágio e de trainee cada vez mais bem estruturados e recebendo grandes investimentos das empresas, a concorrência em processos seletivos é acirrada.

Geralmente milhares de estudantes concorrem a poucas dezenas de oportunidades e, para se destacar, precisam de muito mais do que a matrícula em uma universidade.

E quem diz isso, é Flávia Queiroz, gerente da Page Talent, consultoria especializada no recrutamento de estagiários e trainees. “Os processos são muito criteriosos”, afirma.

Mas, como se destacar em meio à multidão de inscritos? Segundo Flávia, algumas atitudes e atividades ajudam (e muito). E elas estão ao alcance de todos os universitários, confira:

Bom desempenho acadêmico

Algumas empresas  pedem que o aluno comprove o bom desempenho em números. De acordo, com Flávia, é raro, mas o universitário pode sim ter que mostrar suas notas durante o processo seletivo. “É algo mais regional, sendo mais comum no Rio de Janeiro do que em em São Paulo”, diz.

Mas, independentemente de mostrar as notas ou não, o seu aprendizado será posto à prova pelas empresas. “Na fase de dinâmicas, o candidato passa por atividades, é exposto a umcase de negócios e isso exige que ele mostre conhecimentos”, diz Flávia.

Desenhar estratégias, fazer um planejamento, interagir com os outros membros do grupo são algumas das ações avaliadas nesta etapa da seleção, segundo ela.

Aplicação prática do aprendizado

Estagiários que aproveitem a exposição a novidades e tendências de mercado apresentadas por seus professores a favor da empresa são os mais procurados. É que o dinamismo do mercado pede aos jovens que façam esta “ponte” entre ambiente acadêmico e visão organizacional.

Em outras palavras, as empresas querem e esperam dos universitários sugestões de melhorias de processos e novidades a que eles têm acesso nas salas de aula da faculdade.

“O jovem terá mais oportunidades para trazer estas novidades para a empresa isso ao longo do estágio, mas no processo seletivo ele já pode contribuir a partir da exposição de suas ideias”, diz Flávia.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.