Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 23 JAN 2018 - 16H41

Jovem estudante compõe rap com tema da Campanha da Fraternidade

“Vírus do Planeta” é o nome do rap composto por um jovem estudante da cidade de Macaé (RJ). Sob a temática da Campanha da Fraternidade de 2016, a música põe em questão as atitudes inconsequentes do homem, frente à situação ecológica do Planeta.

rap_campanha_da_fraternidade

                                                                                                                                       Foto: RSE

Antônio Vasconcelos, 17 anos, conhecido como Rastaman, é aluno do segundo ano do Ensino Médio na Rede Salesiana de Escolas. E foi uma proposta do Instituto em que estuda que o impulsionou a compor sobre a temática “Casa Comum: nossa responsabilidade”.

O convite foi feito pelo professor Junior Guzzo, da Pastoral Escolar, que viu no aluno um potencial para envolver os outros alunos na questão proposta pela CF. “Quando recebi o convite, a letra nasceu logo. Para mim, está sendo muito bom usar minha arte em uma campanha que faz o bem, que tem uma importância social e uma grande dimensão, como a Campanha da Fraternidade”, diz o jovem.

Segundo Rastaman, o olhar para o outro é a marca principal da escola salesiana. “O Instituto Nossa Senhora da Glória Castelo não se prende apenas ao conteúdo das disciplinas, mas valoriza muito a parte humana. Aqui a gente estuda as disciplinas, mas também tem o lado humano. Não somos tratados como robôs. Esse é o diferencial”, conclui o aluno.

::Ouça aqui a música::

Vírus do planeta

Brasil mostra sua cara, pátria amada
O país onde a Amazônia já foi leiloada
Vendida, colonizada, explorada o ano inteiro
O partido é verde mas só visa o verde do dinheiro 

Celebram o carnaval em Copacabana
Enquanto sujam ruas e esquecem Mariana
A lama poluente de rios e cidades
O crime ambiental e sua impunidade 

Florestas derrubadas por dinheiro sem pudor
O homem é seu lobo seu próprio predador
Caçando sua espécie ao longo da história
Lavagem cerebral deixa o povo sem memória 

Alagamentos mundo em aquecimento
Alguns sem sanidade muitos sem saneamento
Que é básico pra vida tem muita coisa errada
Duvido um deputado viver sem água tratada 

Cada dia mais comum cada vez mais normal
O desperdício em massa da riqueza natural
Assinam protocolos gastando a caneta
Meu nome é Homo Sapiens, o vírus do planeta! (2x) 

Boto minha fé na futura geração
Que de braços dados cada um com seu irmão
Usando suas forças num objetivo só
Fazendo desse mundo um lugar melhor

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.