Por Allan Ribeiro Em Notícias Atualizada em 24 JAN 2018 - 12H23

Saiba o que está rolando na organização da JMJ do Panamá

Já tivemos o privilégio de receber uma Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e, certamente, foi uma experiência única para a Igreja no Brasil. Agora, fomos ouvir as expectativas de outro país. Queremos saber como a população do Panamá recebeu a notícia que seria a sede da JMJ 2019, como estão se preparando e quais são os detalhes desta grande festa.

:: Logo da JMJ do Panamá é apresentado ao mundo

panama

Convidamos o encarregado dos Congressos Mundiais da Misericórdia na América-Latina, o panamenho Juan Carlos Saucedo, que esteve em Aparecida (SP), para contar algumas das expectativas. Ele acompanha a comunicação oficial do evento de perto e trouxe alguns dos bastidores da preparação para esse grande encontro do jovens com o Papa Francisco.

Ele conta que era esperado por parte da Igreja local a escolha do país como sede, havia uma forte suspeita do anúncio. Mas, claro, uma cidade só é sede quando o Papa anuncia durante a missa de envio da Jornada anterior. Por isso, os panamenhos tiveram que esperar até o último segundo para poderem ter a certeza da missão.

Desde então, a Igreja local iniciou um trabalho de porta-porta, contando a toda a população o que seria este grande evento e pedindo a acolhida e hospedagem aos cerca de um milhão de jovens. As paróquias estão responsáveis por todo o trabalho, sendo a engrenagem para que a logística da JMJ possa acontecer. Ele contou também que o governo local está apoiando a realização do evento.

E esta não será uma Jornada de um único país! É um desejo compartilhado de toda América Central que se une no entorno do evento. A proximidade dos países possibilitará a participação de jovens de diversas nacionalidades e dará um rosto característico a JMJ.

Juan Carlos conclui dizendo que o Panamá está de braços abertos para acolher toda a juventude, em especial, os jovens brasileiros. Então, se você não vê a hora de chegar 2019 e está muito afim de se encontrar com o Santo Padre, ele deixou o recado: “Há que orar bastante [para participar da JMJ]! A JMJ não é um acontecimento turístico, mas um encontro com o Papa, um encontro com Jesus. Você jovem precisa se preparar com muita antecedência, não só financeiramente, mas também espiritualmente”.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Allan Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.