Por A Rádio POP Em Hora +

4 diretores negros que fazem sucesso na telona

Imagem de divulgação


Um recente estudo mostrou que os negros ainda são minoria no audiovisual. Aqui no Brasil, apenas duas mulheres negras conseguiram colocar seus longas nas salas de cinema.

Suas histórias, suas lutas, e conquistas precisam ser retratadas e visibilizadasEmbora ainda muito raros, alguns profissionais conseguem superar muito bem o preconceito racial, emplacando sucessos na telona.

Conheça quatro diretores fantásticos, que romperam as barreiras do preconceito nos cinemas!

Sipke Lee

Imagem de divulgação
Imagem de divulgação
Imagem do filme MalcomX


Spike é um roteirista e diretor premiado. 
As pessoas começaram a conhecer seu trabalho com o longa “Faça a coisa certa”, de 1989. Ele também realizou o filme “MalcomX”, de 1992, e concorreu a diversos prêmios com o filme “Infiltrado na Klan”, de 2018.

Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., sintetizou o que ele achava que era o cinema de Spike Lee, na música Champanhe e Água Benta“Verdadeiro, complicado, mau humorado e violento”.

Mas o cinema de Spike Lee é muito mais do que isso. Ele foi testemunha de muitos movimentos que foram às ruas, que lutaram para ter espaço.

Lee sintetiza histórias, experiências, revela racismo, se contrapõe a políticos e a ao ciclo da história, que - infelizmente - tende a se repetir... Mas se depender dele, de nós e de sua arte, não!

Filmes:

- Faça a coisa certa
- Malcom X
- Infiltrado na Klan

Ava Duvernay

Imagem de divulgação
Imagem de divulgação
Imagem do filme "Olhos que condenam"


Ava quebrou muitos paradigmas. 
Ela foi a primeira mulher afro e norte americana a ganhar o festival de Sundance, com o filme “Middle of Nowhere”. Também foi a primeira mulher negra a concorrer ao Globo de Ouro, com o filme SelmaSeu cinema traz à tona as lutas e o poder do povo negro.

Ela não foi indicada na categoria de direção, mas o filme foi indicado em outras categoriasA falta de diversidade na premiação causou muito mal estar na época.

Ava, que é diretora, roteirista e publicitária, já havia sido indicada ao Oscar pelo documentário 13thEla esteve à frente da minissérie “Olhos que Condenam”, que recebeu mais de 11 indicações ao Grammy de 2019.

Filmes:

- Olhos que condenam
- Selma
- 13th

Jordan Peele

Imagem de divulgação
Imagem de divulgação
Imagem do filme "Corra"


Você já deve ter assistido ao filme
“Corra!”, certo? O filme foi premiado como melhor roteiro original no Oscar de 2018. Peele foi o primeiro negro a levar uma estatueta nesta categoria.

O diretor e roteirista prioriza contar histórias que tenham personagens negrosSeus filmes abordam diretamente o racismo institucionalizado e estrutural e ele geralmente faz filmes que incomodam e causam desconforto.

Seu segundo longa, “Nós”, também manteve o terror psicológico e uma atmosfera de pânico e medo. Jordan e Spike Lee trabalharam juntos no filme “Infiltrado na Klan”.

Filmes:

- Corra!
- Nós

Camila de Moraes

Imagem de divulgação
Imagem de divulgação
Imagem do filme "O Caso do Homem Errado"


A brasileira é
uma das duas únicas mulheres negras que conseguiram colocar seus longas nas salas de cinema comercial. O primeiro trabalho de Camila foi o documentário “O Caso do Homem Errado”, de 2017.

O filme conta a história de um operário negro, que foi morto pela polícia na década de 80. Júlio César foi, como curioso, ver um assalto perto de sua casa, quando foi confundido com um assaltante. Camila é sobrinha de Júlio César e viveu querendo contar a história de seu tio.

O filme foi apresentado no Brasil e na América Latina e venceu o troféu de melhor filme no Festival Internacional de Cine Latino, Uruguayo y Brasileiro, em Punta del Este. Ao final, Camila e a equipe do filme realizavam um debate para falar sobre o racismo e sobre o extermínio da juventude negra.

Filmes:

- O Caso do Homem Errado

add_box Esses são só alguns exemplos de artistas que usam sua arte como potência, um movimento de educação, empatia e representatividade. Conhecer nossa cultura é conhecer quem nós somos!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por A Rádio POP, em Hora +

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.