Por Andresa Custódio Em Notícias

Como comprar bacalhau

 

A primeira dica é não se deixar seduzir pelo preço. O verdadeiro bacalhau é mais caro. Muitas vezes você pode comprar uma peça como se fosse bacalhau norueguês e só descobrir que é outro peixe quando sentir um sabor e textura.

Olho no fornecedor: É importante comprar o bacalhau sempre em um estabelecimento de confiança. O bacalhau é trazido para o Brasil em navios climatizados e deve ser conservado corretamente até chegar a sua casa.

Preste atenção na hora de comprar peixes que vêm no pacote: O maior risco é você levar junto com um pedaço bonito, pedaços de rabo, barbatanas e outras partes que não são úteis a nenhuma preparação.

Fique de olho na maneira como os estabelecimentos estocam o produto: Muitas vezes, eles não recolhem as peças após sua exposição. Isso pode pôr a qualidade em risco.

Preste atenção na aparência: O bacalhau tem um cheiro característico, que todo mundo conhece. Ele deve estar seco, sem sinal de umidade ao toque. E a carne deve ser firme.

O preço do bacalhau está relacionado ao tipo de corte que você compra:

Lombo: É a parte mais nobre do peixe. Composto de partes altas e nenhuma espinha. É um corte perfeito para pratos requintados.

Limpo, sem pele, barbatanas e espinha dorsal: É o peixe pronto para o dessalgue. Porém, ao contrário do lombo, você irá encontrar espinhas menores incrustadas na carne já que se trata da parte do peixe que tem espessura mais fina.

Desfiado: Nada mais é do que as partes finas do peixe (barriga e ponta do rabo), desfiadas em pequenos pedaços.

Peça: É o bacalhau inteiro, como ele vem na caixa. Pode ser apresentado com corte longitudinal, para exposição de sua carne.

 

Fonte: Site Bebidas e Comidas

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Andresa Custódio, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.