Por Andresa Custódio Em Notícias

Dormir com cães e gatos pode causar problemas de saúde

 

Tratar animais de estimação como membro da família é muito comum, eles não ficam restritos ao quintal da casa, acabam ganhando o sofá e a cama da família. Quem divide a cama com um animal de estimação, muitas vezes, desconhece o risco que corre. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, os animais domésticos podem transmitir mais de 100 doenças para os humanos.

Os cães podem transmitir verminoses, enquanto quem fica em contato muito próximo com gatos pode contrair uma doença causada pela bactéria Bartonella, que pode danificar o fígado e os rins. Outras doenças que podem ser transmitidas pelos gatos são micoses e a toxoplasmose, causada pelo protozoário Toxoplasma gondi. A pessoa contrai a doença ao entrar em contato com as fezes do animal contaminado. 

Maria Alenita de Oliveira, pneumologista do Hospital Beneficência Portuguesa, lembra que gatos e cachorros podem ser hospedeiros de doenças graves, como leptospirose. O mesmo acontece com as doenças transmitidas por mosquitos. Eles infectam os bichinhos de estimação e estes se encarregam de espalhá-las por meio de mordidas e arranhões. Outras doenças citadas pela médica são a raiva e a escabiose, conhecida como sarna.

Quem já apresenta sintomas de rinite e alergia pode ter o problema agravado ao ter contato com gatos e cachorros. E o mais curioso: o que gera o problema não é o pelo do bichinho. Na verdade, o que causa a alergia é a descamação da pele dos animais. E não adianta retirar o animal de casa achando que a alergia vai cessar na mesma hora. As escamas do animal permanecem na casa por pelo menos três meses, explica Dra. Maria.

Ter um bichinho de estimação é muito bom. Porém, é preciso saber dosar o contato com eles. Mantenha o animal vacinado e leve-o ao veterinário com frequência. Não permita que os animais entrem no local onde você dorme. Para evitar que eles se tornem hospedeiros de doenças, não permita que ele fique andando pela rua. E se quiser reduzir o risco de alergias, dê banhos frequentes para retirar as escamações da pele.

 

Fonte: Mais Equilíbrio

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Andresa Custódio, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.