Por Danielle Santos Em Notícias

Vida longa aos alimentos

 

Queijos e iogurtes

Tempo de geladeira: os queijos maturados, como provolone e parmesão, duram até um mês. Os frescos, a exemplo do frescal, de quatro a cinco dias. Fique atenta a alterações como cor ou presença de pontos verdes - nesse caso, jogue fora. Para iogurtes vale a regra: no pote fechado, 30 dias; aberto, só cinco.

Carnes

Tempo de geladeira: os peixes são mais frágeis e não devem ultrapassar dois dias no local. As demais carnes suportam até três dias. O ideal é congelar, se não for cozinhar logo. Daí, o tempo de conservação da carne pode aumentar para três até oito meses, dependendo do tipo e do corte. Carnes embaladas a vácuo chegam a durar um mês na refrigeração, sem necessidade de congelamento. Mas, para não ter erro, consulte a embalagem.

Leite

Tempo de geladeira: o pasteurizado azeda rápido e, portanto, deve ser consumido em um dia. Já o tipo longa vida dura tranquilamente de três a seis dias, quando bem refrigerado. Sempre que for possível, escolha a embalagem longa vida que vem com o lacre de abre e fecha, uma vez que pode ser vedada e evita a proliferação de bactérias. A caixa de leite que precisa ser cortada acaba ficando semiaberta, permitindo assim que os microorganismos da geladeira contaminem o líquido.

Frutas, legumes e verduras

Tempo de geladeira: em torno de uma semana. A dica para que durem mais é guardá-los já higienizados e bem sequinhos. Resíduos de água fazem com que os vegetais se decomponham mais depressa. Mas atenção: frutas tropicais, como banana e abacate, devem ficar fora da geladeira para não escurecerem.

Fermento

Tempo de geladeira: o biológico em pasta ou tablete é o único que precisa de geladeira e pode ser guardado por até duas semanas. O químico pode ficar no armário.

Fonte: Revista Máxima

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Danielle Santos, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.