Por Rafael Camargo Em Notícias

Você já pensou em comer cascas de banana?

 

Enquanto a "carne" de uma banana é suave e doce, a pele é grossa, fibrosa, e ligeiramente amarga. Para comer a casca, você pode misturá-la em vitaminas, fritar, assar, ou cozinhar durante pelo menos dez minutos. O calor é importante para romper as fibras da pele e assim suavizar a textura resistente, tornando a casca mais fácil de mastigar e digerir. As cascas só devem ser consumidas se forem de banana orgânica.

 

Quanto mais madura a banana estiver, mais fina e mais doce a casca estará. Isso acontece por conta de um hormônio vegetal natural chamado etileno, que as frutas liberam conforme amadurecem. O etileno interage com os açúcares e fibras na casca da banana, transformando açúcares complexos em açúcares simples e quebrando a pectina, uma fibra que a mantém rígida.

 

A casca apresenta um teor de minerais muito elevado em relação ao fruto. A ingestão da casca é uma boa alternativa para o aumento de minerais na dieta. A pele contém quantidades elevadas de vitaminas B6 e B12, além de magnésio e potássio. Ela também contém fibras e proteínas. Contém triptofano, um aminoácido essencial que aumenta os níveis de serotonina no corpo e afeta o humor.

 

É rica em fibras que promovem movimentos intestinais, auxiliam na digestão e podem reduzir os níveis de colesterol no sangue. Ajudando assim a prevenir doenças cardiovasculares, derrames e câncer. Os amidos resistentes presentes na casca da banana viram alimento das bactérias que vivem no intestino grosso naturalmente. Na digestão desse amido, as bactérias produzem substâncias que fazem bem para nosso organismo e ajudam a prevenir diversas doenças, como câncer e diabetes.

 

Cascas de banana são ricas em polifenói

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rafael Camargo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.