COMO É POSSÍVEL
FAZER MAIS DE
880 MIL 

 ATENDIMENTOS 
 GRATUITAMENTE 
COM TECNOLOGIA 
DE PONTA?

VOCÊ SERIA CAPAZ
DE ENFRENTAR UM CÂNCER?
E, MAIS QUE ISSO,
DOIS OU TRÊS AO LONGO DA VIDA?


REPORTAGEM

Eduardo Gois

ARTE/DIAGRAMAÇÃO

Marieli Borges

FOTOGRAFIA

Eduardo Gois
Gustavo Cabral 

Shutterstock: Banco de imagens
Arquivo pessoal: Bianca Teshima
IMAGENS

Gustavo Cabral

EDIÇÃO

Felipe Guimarães
DIREÇÃO/PRODUÇÃO

Eduardo Gois

A jovem Bianca Sayuri Teshima, 15 anos,
levava uma vida normal, como qualquer criança de 3 anos.
Tinha um irmãozinho, pai e mãe casados,
uma vida feliz em Ivinhema (MS),
até que seus pais receberam uma notícia
 muito difícil de enfrentar. 

ELA, TÃO MIÚDA TERIA DE INICIAR A LUTA CONTRA UM CÂNCER NA COLUNA.

“Eu tive que amadurecer muito.
Eu até falo que não tive infância,
porque eu cresci dentro do hospital”.

Quem vê Bianca contar a história da sua vida, logo percebe o que a jovem diz sobre amadurecer, pois é pura verdade que o seu jeito de falar logo entrega uma pessoa muito esclarecida, dedicada aos estudos e com um vocabulário muito rico para a idade que tem.

O lugar que Bianca recorda é o famoso Hospital do Câncer de Barretos, que agora se chama Hospital de Amor.

Toda a família viajou cerca de 700 KM até a cidade de Barretos (SP) para iniciar uma longa e sofrida jornada, quando a jovem ainda era muito pequenina.

Fraca durante o primeiro tratamento,
ela chegou a ser desenganada pelos médicos,
mas o pai, Eduardo Teshima,
não se convenceu muito da ideia
e não iria assim se entregar tão fácil, afinal de contas, a fé era uma das coisas que mais transbordava naquele pai.

De joelhos, rezava o terço, todos os dias na Capela do Hospital, para que acontecesse o que dentro dele já seria certo: a cura da pequena Bianca pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida.

"Meu pai disse que, em certo momento, viu uma luz vindo em direção a ele.
Ele tinha certeza que Nossa Senhora Aparecida se manifestava”.

Poucos dias depois, Bianca acordou do coma e, 
1 ano e 8 meses após o início do tratamento,
estava totalmente curada.

SEGUNDA BATALHA



Quatro anos mais tarde, tudo parecia normal, mas Bianca, agora já com 8 anos, começou a sentir fortes dores na perna.
Imediatamente, a equipe do Hospital diagnosticou que era câncer novamente. Desta vez, um Linfoma não Hodgkin, enfrentado com a mesma fé do primeiro câncer, mas também com todo o amor e tecnologia necessários para vencer mais uma batalha.

“Quando falam desse lugar, me recordo de coisas boas, como as enfermeiras, os médicos e funcionários, que me acolhiam como uma filha. Você parece não estar em um Hospital. O diferencial é o amor”. 

HOSPITAL DE AMOR EM NÚMEROS
11 UNIDADES FIXAS DE PREVENÇÃO

O Hospital de Amor
atende em 5 unidades de tratamento fixas em

 Barretos (SP), 
 Jales (SP) e  

 Porto Velho (RO) 

Sobrevive 100% com doações da população, de artistas e uma pequena contribuição do SUS que representa pouco mais de 20% da arrecadação.

Possui um déficit mensal médio de R$20 Milhões

Conta com a colaboração de cerca de 3.500 funcionários

18 UNIDADES MÓVEIS


A carreta percorre todo o país levando exames de prevenção contra os cânceres de mama, próstata, pele, colo do útero e odontológicos.

 
O TRATAMENTO QUE O POVO BRASILEIRO MERECE

GENTE POBRE

GENTE RICA

NEGRO

BRANCO

CATÓLICO

ATEU

EVANGÉLICO

Com tecnologia de ponta e tratamento humanizado, o hospital mostra que, ao existir
boa vontade, também é possível fazer um atendimento de primeiro mundo, de graça,

PARA TODO O PAÍS.



Atualmente, o Hospital do Amor atende mais de
171 mil pacientes, de todos os estados brasileiros.

QUEM MAIS PRECISA É AQUELE QUE ESTÁ DOENTE.
 INDEPENDENTE DE QUEM SEJA, O TEMPO NÃO PARA, 
O CÂNCER NÃO ESPERA.

ENTENDA MAIS SOBRE A HISTÓRIA DE BIANCA E OUTROS PACIENTES

 Assista a reportagem especial e conheça tudo sobre o Hospital de Amor  

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Redação A12

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.