MAICON DANDI

A série Novos Artistas Sacros do Brasil pretende trazer a você, leitor do A12, um perfil biográfico/artístico de diversos talentos na arte sacra pelo país. Pessoas que têm se destacado seja pela beleza da sua arte, seja pela criatividade ou pelo sucesso nas redes sociais.

O primeiro perfil que você vai conhecer é do artista Maicon Dandi Sousa. O jovem de 29 anos, vive em Vicentina (MS) e tem um lindo trabalho inspirado principalmente na arte clássica e na liturgia.

PRODUÇÃO/REPORTAGEM

Eduardo Gois

EQUIPE MULTIMÍDIA

Gustavo Cabral

Alessandro Cardoso

ARTE/DIAGRAMAÇÃO

Alicia Teberga

REVISÃO

Luciana Gianesini

PRODUÇÃO/REPORTAGEM

Eduardo Gois

EQUIPE MULTIMÍDIA

Gustavo Cabral

Alessandro Cardoso

ARTE/DIAGRAMAÇÃO

Alicia Teberga

REVISÃO

Luciana Gianesini

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

Desde a adolescência ele desenha, pinta e se aprofunda na arte sacra.

Para Maicon, o estilo que sempre o inspira dentro do segmento é liturgia. É nela que ele busca se estímulo quando lê um Salmo, quando participa de uma missa ou ouve um canto gregoriano.

O jovem também revela que tem buscado aprender coisas mais aprimoradas, desde os 18 anos, quando fez um trabalho para o Mosteiro de São Bento, em Brasília (DF) e aprendeu policromia, que aliás é um tipo de arte gráfica obtida através da combinação das três cores primárias: amarelo, ciano e magenta. O preto também é usado para realçar contrastes.

Desde que começou a aprimorar conhecimentos sobre arte sacra, nunca mais parou e o artista nunca mais adormeceu, o que terminou ofuscando, com o tempo, outros trabalhos que exerceu como trabalhador em uma usina de álcool, funcionário de cartório, bancário e secretário paroquial (este último emprego antes de assumir de vez a profissão).

Quem é Maicon Dandi e como nasceu o artista?

Quem é Maicon Dandi e como nasceu o artista?

Desde a adolescência ele desenha, pinta e se aprofunda na arte sacra.

Para Maicon, o estilo que sempre o inspira dentro do segmento é liturgia. É nela que ele busca se estímulo quando lê um Salmo, quando participa de uma missa ou ouve um canto gregoriano.

O jovem também revela que tem buscado aprender coisas mais aprimoradas, desde os 18 anos, quando fez um trabalho para o Mosteiro de São Bento, em Brasília (DF) e aprendeu policromia, que aliás é um tipo de arte gráfica obtida através da combinação das três cores primárias: amarelo, ciano e magenta. O preto também é usado para realçar contrastes.

Desde que começou a aprimorar conhecimentos sobre arte sacra, nunca mais parou e o artista nunca mais adormeceu, o que terminou ofuscando, com o tempo, outros trabalhos que exerceu como trabalhador em uma usina de álcool, funcionário de cartório, bancário e secretário paroquial (este último emprego antes de assumir de vez a profissão).

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

As redes sociais são uma ótima maneira de propagar a arte, concorda Maicon, que mesmo ainda podendo ser classificado pelos atuais moldes digitais como um nanoinfluencer (por ter menos que 10 mil seguidores), ele utiliza 100% o seu perfil no Instagram @maicondandi como uma ferramenta de divulgação do trabalho e de lá mesmo recebe encomendas, embora admita que pretende separar os perfis do Instagram pessoal para uma nova conta profissional futuramente.

Segundo o jovem, o crescimento aconteceu por acaso, antes que ele se atentasse sobre estratégias digitais de comunicação.

Mesmo com a popularização das redes sociais e o fácil acesso aos trabalhos de diversos artistas, de uma maneira geral, Dandi acredita que a arte sacra não é tão valorizada como em outros países, mas exemplifica e entende que é uma situação cultural muito complexa.

Redes sociais ajudam no encontro e na valorização

Redes sociais ajudam no encontro e na valorização

As redes sociais são uma ótima maneira de propagar a arte, concorda Maicon, que mesmo ainda podendo ser classificado pelos atuais moldes digitais como um nanoinfluencer (por ter menos que 10 mil seguidores), ele utiliza 100% o seu perfil no Instagram @maicondandi como uma ferramenta de divulgação do trabalho e de lá mesmo recebe encomendas, embora admita que pretende separar os perfis do Instagram pessoal para uma nova conta profissional futuramente.

Segundo o jovem, o crescimento aconteceu por acaso, antes que ele se atentasse sobre estratégias digitais de comunicação.

Mesmo com a popularização das redes sociais e o fácil acesso aos trabalhos de diversos artistas, de uma maneira geral, Dandi acredita que a arte sacra não é tão valorizada como em outros países, mas exemplifica e entende que é uma situação cultural muito complexa.

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

Na avaliação pessoal de Maicon Dandi, o maior sonho de todo artista no fundo é ser reconhecido, mas o dele de modo mais específico é crescer na arte, aprender cada dia mais e ajudar as pessoas que, um dia, acreditaram no seu trabalho, principalmente a família.

O dom nasce, mas precisa crescer

Qual é o maior sonho de um artista sacro?

De acordo com Dandi, dons existem, mas nem por isso deve-se parar de estudar, aprimorar, fazer cursos, buscar novas ideias.

O dom nasce, mas precisa crescer

De acordo com Dandi, dons existem, mas nem por isso deve-se parar de estudar, aprimorar, fazer cursos, buscar novas ideias.

Qual é o maior sonho de um artista sacro?

Na avaliação pessoal de Maicon Dandi, o maior sonho de todo artista no fundo é ser reconhecido, mas o dele de modo mais específico é crescer na arte, aprender cada dia mais e ajudar as pessoas que, um dia, acreditaram no seu trabalho, principalmente a família.

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

Arquivo Pessoal

No vídeo abaixo, confira a entrevista na íntegra e conheça mais sobre este artista que tem se revelado bastante nos últimos tempos. Assista!

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

NOMEMaicon Dandi Souza

IDADE29 anos

CIDADEVicentina, Mato Grosso do Sul (MS)

INSTAGRAM@maicondandi

PRINCIPAIS TRABALHOSRestauração de imagens sacras, pintura em tela, e desenhos em grafite com estilo próprio. Possui trabalhos em mosteiros dos Estados de São Paulo e Bahia. É também autor do quadro oficial da Madre Vitória de Encarnação, freira da Ordem das Irmãs Clarissas, do Convento de Santa Clara do Desterro em Salvador (BA), primeiro mosteiro feminino no Brasil, onde ela viveu há 300 anos. Outros trabalhos também são encontrados no Distrito Federal, além de obras em paróquias em diversas localidades do país, mas especialmente no Mato Grosso do Sul.

INTERESSESÍconografia e impulso à um processo de migração da pintura em tela para painéis.

INSPIRAÇÃOLiturgia

FRASE DO ARTISTA“Acredito na capacidade da arte elevar o espirito, impactando a sociedade ao ponto de revelar que existe algo além dessa vida, mais do que apenas aquilo que os olhos podem ver”.

Perfil do artista

Foto: Maicon Dandi / Montagem: Alicia Teberga

Perfil do artista

NOMEMaicon Dandi Souza

IDADE29 anos

CIDADEVicentina, Mato Grosso do Sul (MS)

INSTAGRAM@maicondandi

PRINCIPAIS TRABALHOSRestauração de imagens sacras, pintura em tela, e desenhos em grafite com estilo próprio. Possui trabalhos em mosteiros dos Estados de São Paulo e Bahia. É também autor do quadro oficial da Madre Vitória de Encarnação, freira da Ordem das Irmãs Clarissas, do Convento de Santa Clara do Desterro em Salvador (BA), primeiro mosteiro feminino no Brasil, onde ela viveu há 300 anos. Outros trabalhos também são encontrados no Distrito Federal, além de obras em paróquias em diversas localidades do país, mas especialmente no Mato Grosso do Sul.

INTERESSES: Iconografia e impulso à um processo de migração da pintura em tela para painéis.

INSPIRAÇÃOLiturgia

FRASE DO ARTISTA“Acredito na capacidade da arte elevar o espirito, impactando a sociedade ao ponto de revelar que existe algo além dessa vida, mais do que apenas aquilo que os olhos podem ver”.

Veja a Galeria Especial de fotos de seu Acervo Pessoal


Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Redação A12

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.