Por Santuário Nacional Em Campanha dos Devotos Atualizada em 14 MAR 2019 - 08H54

O que Deus quer nos ensinar com o episódio da fuga de Moisés?

(Ex 2,11-25)

Neste mês, estudaremos um dos textos mais intrigantes da Escritura: Ex 2,11-25, a fuga de Moisés.

Para que o estudo fique mais profundo, é importante dividir essa passagem em três grandes blocos: a primeira, Ex 2,11-25; a segunda, Ex 2,16-22; a terceira, Ex 2,23-25. O foco deste texto será Ex 2,11-15. Os demais trechos serão estudados nos círculos bíblicos semanais, que você pode encontrar em campanhadosdevotos.com.

O autor do Êxodo não demostra tanto interesse em como teria sido a vida de Moisés dentro da corte do Faraó. A passagem tem seu início na experiência dele "crescido" (Ex 2,11) e em como se deu sua fuga para Madiã (Ex 2,15).

O texto de Êxodo não deixa evidente qual é a idade de Moisés. No entanto, de acordo com a tradição judaica, ele tinha 40 anos (cf. At 7,23).

No v.11, o narrador afirma que Moisés saiu para ver seus irmãos. Embora o texto não deixe claro como ele sabia de sua ligação com os israelitas, está evidente a consciência de seu grau de parentesco, já que o termo "irmão" se repete por duas vezes.

Os verbos, no v.11, que descrevem as ações de Moisés são interessantes. O narrador afirma que ele "saiu" e "viu" os "trabalhos forçados" aos quais os israelitas estavam submetidos. Nesse sentido, sua atuação se assemelha à de Deus, já que Esse "vê" a opressão de seu povo (cf. Ex 3,7).

Ao ver a opressão, Moisés se sensibiliza e “mata” o egípcio. O verbo “matar”, em hebraico (נכה), várias vezes designa uma ação divina no Antigo Testamento e sua tradução pode ser “ferir”. Aqui, mais uma vez, o autor relaciona a ação de Moisés e a de Deus. O escolhido para atuar na libertação de Israel é sensível às dores do próximo. Ele segue o exemplo do Senhor.

::2 vezes em que Moisés prefigurou Jesus

É possível dizer que esta cena tem a intenção de traçar um paralelo entre Moisés e o Senhor, demonstrando que o escolhido para a missão se identifica com o modo de agir de Deus no mundo. Eles não aturam as injustiças. Agem para garantir a vida do povo.

Até o mês que vem!

João Claudio Rufino
Mestre em Bíblia

13 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Campanha dos Devotos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.