Código Personalizado
Revista de Aparecida

Histórias de Fé - Ramiro Guerra de Camargo

Escrito por Família dos Devotos

01 NOV 2022 - 13H00 (Atualizada em 29 DEZ 2022 - 16H57)

Acervo pessoal

Vou testemunhar o milagre de meu sobrinho Théo, contado por sua mãe Glaucia Daiane.

Quando estava com 20 semanas de gestação, fiz o ultrassom morfológico e o médico percebeu um pequeno furinho no coração do nosso bebê, e também percebeu a ausência do osso nasal, que seria um dos indicadores da síndrome de Down. Mas como o médico não tinha certeza pediu um eco morfológico para ver o coração, saímos do médico muito angustiados e começou a nossa batalha.

Fizemos o eco, que foi muito difícil pois estávamos em pandemia e não encontrávamos um médico especialista. No exame a médica confirmou que nosso filho teria Defeito de Septo Atrioventricular Total, no nascimento ele teria que ir direto para a cirurgia.

Desde o primeiro momento nosso pequeno estava consagrado a Nossa Senhora, então seguimos firmes confiando no Senhor, buscando hospital para que nosso filho pudesse nascer. Com 36 semanas comecei a sentir dor e ter sangramento, fiquei indo e voltando do médico pois não queriam fazer cesárea. Voltei para fazer um ultrassom e a médica viu que estava sem líquido, sai de lá e fui direto para o hospital, onde precisou ser realizada uma cesárea de urgência. Graças a Deus o Théo nasceu bem e não precisou ficar na UTI, viemos para casa e Théo era uma criança muito calma.

A médica encaminhou a eco dele para um hospital de referência, fomos encaminhados para o hospital e ficamos lá um mês, Théo foi ganhando peso e aceitando a medicação, voltamos para casa e o médico disse que a cirurgia seria em 5 meses. Um mês antes da cirurgia ele ficou muito mal, tivemos COVID e ele teve que ir para o hospital, ficou no oxigênio, mas não teve mais intercorrência.

No dia 02 de fevereiro de 2021 ele fez a cirurgia do coração, foi muito delicada, ele teve uma parada durante a cirurgia e o pós-operatório foi muito complicado, teve coágulo no coração, os médicos disseram que foi por causa da COVID, ficou 15 dias na UTI, com muitas intercorrências, que somente Deus para dar forças naquele momento. Saiu da UTI com um dreno no pulmão, quando retiraram o dreno no outro dia fomos embora para casa. Durante esse período tivemos muitas orações para nosso pequeno. Nossa Senhora sempre esteve conosco intercedendo pela vida do Théo.

Hoje, com a graça de Deus, ele está bem, ainda toma vários remédios, mas temos fé que logo vai ser curado. Obrigada minha Nossa Senhora por todas as bênçãos e por toda a saúde de nosso filho Théo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Família dos Devotos, em Revista de Aparecida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.