Por Dom Orlando Brandes Em Artigos Atualizada em 11 MAI 2020 - 13H36

O amor de Mãe

Shutterstock
Shutterstock


Festejamos, no segundo domingo de maio, o Dia das Mães. O amor de mãe é especial porque não é romântico, sentimental, eufórico. Trata-se, antes de tudo, de um amor que gera a vida, é acolhedor, fecundo. Um amor marcado pela doação de si e pelo acolhimento do outro. É um amor altruísta, voltado para o bem dos outros, um amor de benevolência.

O amor de mãe se caracteriza pela presença, não suporta distâncias. É unitivo, não suporta divisões. É amor perdão, não suporta brigas, intrigas, discórdias. A mãe sabe ser misericordiosa e mestra. Ama com o coração e com a razão, com carinho e com responsabilidade.

➤➤Sobre fé e bravura: Como a fé nos ajuda a lidar com a perda das pessoas que amamos

A mãe ama com amor incondicional, isto é, mesmo quem não é bom é amado. A mãe não deixa de amar o filho errado, rebelde, ingrato. Assim é o amor de Deus. Ama sem ser amado, ama mesmo quando é rejeitado. Amor de mãe é feito de compreensão, compaixão e exigência. Seu amor cativa por ser “amor-ternura”, “amor-exigência”, um amor corajoso, até ao sacrifício de si.

O amor materno é exigente, sabe corrigir, orientar e dizer “não”. Por isso mesmo é um amor verdadeiro. A mãe ama o filho errado, mas discorda de seus erros. O amor de mãe é oceânico, porque é também amor conjugal, amor ao próximo e amor a Deus. Nossas mães são monumentos de amor. Elas dedicam tempo, atenção e carinho ao esposo, aos filhos, aos pobres e ainda amam a comunidade eclesial ou outras instituições como a escola, o hospital, as associações de caridade etc. O amor de mãe é universal, aberto a todos, sem exclusões.

A mãe ama como amor de amizade e de doação, oblação, generosidade (ágape). Portanto, é um amor completo, amadurecido, gratuito. Nem todas as mães alcançaram esse nível, mas o que importa é que mãe e amor são sinônimos. Como são admiráveis as mães. Quem tem um coração de mãe certamente tem um coração fraterno, sensível e bondoso.

➤ ➤ Quando a nossa mãe faz a sua Páscoa

Maternidade é a casa da mãe, da vida. Por isso, amamos a mãe terra, a mãe Igreja para vivermos em um espírito de família e concórdia. Madre significa a mãe de uma comunidade. Não é errado dizer que Deus tem um coração de mãe.

Misericórdia é amor de útero, amor de entranhas, amor visceral, amor materno. Deus é misericórdia, por isso ama primeiro, ama sem limites, ama incondicionalmente, ama sem cansar. Amor misericordioso é um amor de mãe. Por isso mesmo amor de mãe é um sinal, um sacramento, uma visibilidade do amor de Deus.

Lembramos sempre daquela mãe que ia todas as semanas à prisão para visitar um detento. O Padre perguntou-lhe: “Esse detento que a senhora visita todas as semanas é seu filho?” Ela respondeu: “Não, padre, ele é o assassino de meu filho que eu adotei como filho e venho sempre visitá-lo”. Eis o amor de mãe.

O amor de mãe além de altruísta é atencioso e cuidadoso. Repreende, mas não maltrata; acredita na melhora do filho e das pessoas, saúda e cumprimenta as pessoas, sabe ceder e silenciar, trata a todos com igualdade e sofre com os que sofrem, alegra-se com os que se alegram.

É um amor simples e nobre, fiel e compreensivo, protetor e desafiador, encorajador e admoestador; um amor que permanece mesmo quando não é correspondido. O amor de mãe nos ensina a sermos fraternos e a termos uma abertura filial com Deus.

No dia 13 de maio, festejamos a grande mãe Nossa Senhora de Fátima. Ela é a mãe da paz, mãe que aconselha à oração, à mudança de vida, à reparação dos pecados e à consagração a Deus. A mão materna de Maria desviou aquela bala mortífera que poderia ter matado o Papa João Paulo II, no dia 13 de maio de 1981. Ele mesmo levou a Fátima aquele projétil e o colocou na coroa de Nossa Senhora. Ter Maria por mãe é uma grande graça.

Mãe: obrigado por tudo.

Escrito por
Dom Orlando Brandes (Thiago Leon)
Dom Orlando Brandes

Arcebispo de Aparecida (SP)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.