Por Redação A12 Em Artigos Atualizada em 03 ABR 2020 - 10H05

Suas ações, seu legado


Shutterstock
Shutterstock

Às vezes, eu me pergunto qual o motivo de não explorarmos mais nossas capacidades. Na maioria das ocasiões, sequer paramos para pensar em que somos bons. Nós ligamos o piloto automático da vida e fazemos aquilo que precisamos, sem nos conceder alguns minutos de reflexão para identificarmos nossas habilidades. Não estou falando aqui explorá-las profissionalmente; claro que, se for uma opção, melhor. Mas não é esse o foco.

Leia MaisA verdade do mundo interiorVocê deve ser bom em algo. Deve haver alguma coisa que o faz sentir orgulhoso de si mesmo. O que é? Pode ser qualquer coisa. Eu, por exemplo, tenho orgulho de minhas habilidades como mãe e com as palavras [você não precisa concordar comigo]. Algumas eu sei, outras ainda não parei para refletir. E este é o foco: refletir, reconhecer. Talvez, você precise pensar em algo que alguém já disse que faz bem e não levou a sério.

É possível que tenha algo que, de tão corriqueiro, não passe por sua cabeça a possibilidade de ser uma habilidade. Mas isso não importa. Sabe o que faço? Escrevo tudo, anoto pensamentos, orações, escrevo para crianças e adultos, escrevo estes e outros textos para situações diferentes e me expresso muito melhor assim. Para mim é algo normal, o que não diminui o fato de fazer bem. A isso é preciso dar valor, pois o que é percebido com normalidade pode ser algo espetacular para outra pessoa.

Já que o fiz pensar em suas capacidades, eu lhe pergunto: isso o faz feliz? Você gostaria de ser melhor ainda nisso ou gostaria de ser bom em outra coisa? Quero que você reflita sobre o valor que você tem, o quanto você usa isso a seu favor, o quanto você valoriza a si mesmo. Lembre-se: você agrega muito valor ao mundo. Caso não sinta isso, talvez seja pelo fato de não se conhecer o suficiente ou de não dar valor a si mesmo como deveria.

Um conselho eu lhe dou, só para reforçar: agregue mais por você mesmo, busque sempre novas habilidades, novos conhecimentos. Isso dará a você uma satisfação muito profunda! Lembre-se de que a vida faz sentido e cada segundo importa.

O dia de partir... chegará. E é preciso deixar alguma marca que dê sentido e agregue algo na vida dos que compartilharam com você cada momento.

Pense nisso!

Caiene Cassoli

Autora do livro "O poder de mudar hábitos"

Editora Ideias & Letras

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.