Por Martín Ugarteche Fernández Em Artigos

Afinal, você sabe o que é um sínodo?

Muito tem se falado recentemente sobre o Sínodo da Amazônia. Mas, afinal de contas, você sabe mesmo o que é um Sínodo?

Polyana Gonzaga/A12
Polyana Gonzaga/A12


Um bom ponto de partida é a etimologia da palavra, composta das palavras gregas “Syn” (“Com”) e “Hodos” (“Caminho”). Sínodo significa, então, “caminho com”, ou “caminho juntos”. É necessário, porém, dar um passo a mais.

Na Igreja Católica, o Sínodo dos Bispos é um conselho estável de Bispos para a Igreja universal, sujeito imediatamente à autoridade do Papa, erigido e constituído oficialmente pelo Papa São Paulo VI, por meio do Motu Proprio intitulado Apostolica Sollicitudo, no dia 15 de setembro de 1965.

No Apostolica Sollicitudo São Paulo VI explica que o objetivo do Sínodo é auxiliar o Papa na sua solicitude pela Igreja, em todos os lugares do mundo onde ela se encontra. Para exercer da melhor maneira a sua missão de governar e guiar todos os católicos, confirmando-os na Fé, o Papa quer contar com a ajuda, assistência e participação dos Bispos. Os Bispos eleitos para integrarem o Sínodo representam todo o episcopado católico, manifestando a sua unidade hierárquica, encabeçada pelo Papa.

Nessa mesma carta, o Papa Montini explica também que, como toda instituição humana, o Sínodo poderia ser aperfeiçoado com o passar dos anos, na sua estrutura e organização. É de fato o que tem acontecido nos pontificados que se sucederam desde então. O Papa Francisco, por exemplo, na Constituição Apostólica Episcopalis Communio, publicada no dia 15 de setembro de 2018, estabelece uma nova normativa, que abrange, entre outros assuntos: uma tipologia das assembleias do Sínodo, quem são os membros e outros participantes, os períodos da assembleia do Sínodo, as fases da assembleia, a composição e as tarefas da Secretaria Geral do Sínodo.

Sobre o Sínodo da Amazônia, que nos levou neste artigo a aprendermos um pouco o que é um Sínodo, podemos dizer, de maneira muito breve, que atualmente nos encontramos às portas da terceira fase do mesmo, tendo acabado a fase central ou de celebração. Depois das reuniões da Assembleia Especial, que aconteceram em Roma, entre os dias 6 e 27 de outubro, foi apresentado ao Papa um documento final, que poderá ser expressamente aprovado por ele. Nesse caso, fará parte “do Magistério ordinário do Sucessor de Pedro” (Episcopalis Communio, Art. 18, §2).

Rezemos para que o Espírito Santo ilumine o Papa Francisco, para que possa confirmar-nos na Fé, alentando a Igreja na Amazônia a um renovado anúncio de Cristo Crucificado, o Filho de Nossa Senhora de Nazaré, Mãe da Amazônia, dando continuidade ao impulso evangelizador que se iniciou em Pentecostes.

Escrito por
martín ugarteche (Arquivo Pessoal)
Martín Ugarteche Fernández

Nasceu em Lima, Peru, no ano de 1978. É membro do Sodalício de Vida Cristã desde 1996. Desde 2001 mora em Petrópolis, na Comunidade Sodálite "Mãe da Reconciliação", onde desenvolve diversos projetos de formação e evangelização da cultura. É professor de filosofia na Universidade Católica de Petrópolis, onde leciona Ética, Lógica e Filosofia da Natureza.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.