Por Jovens de Maria Em Comportamento Atualizada em 28 FEV 2019 - 14H02

Como o celular pode afetar a qualidade do sono

Hora de dormir! Mas, antes, você vai dar aquela checada nas redes sociais pelo celular. Aquela olhadinha para ver se não tem nenhuma notificação, um like qualquer ou a foto daquele amigo. Esse hábito, que parece inofensivo, pode comprometer a qualidade do seu sono.

shutterstock
shutterstock

Utilizar o celular antes de dormir fere os princípios que chamamos de uma boa higiene do sono. Isso inclui um ritual para dormir, ou seja, a repetição de alguns atos para que nosso corpo comece a relaxar e entenda que é hora de cair no sono. Para isso, é preciso um bom banho, uma refeição leve ou um chá (do tipo não-estimulante, como camomila), um ambiente agradável para dormir, uma roupa confortável, luzes baixas.

O especialista em Medicina do Sono pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Rafael Brandes Lourenço, explica que o celular possui campos eletromagnéticos de baixa frequência, que interferem no sono. “Estudos demonstram que a exposição ao celular por cerca de 30 minutos antes de dormir altera a arquitetura do sono”, afirma.

O médico explica que os jovens têm maior necessidade de sono: muitas vezes, por volta de 9 ou 10 horas por noite. E, geralmente, já dormem de forma insuficiente, sem se dar conta de uma redução de seu desempenho diurno, sobretudo pela manhã.

O uso do celular, principalmente quando exagerado, prejudica principalmente aqueles que já têm algum problema para dormir, seja pela dificuldade para iniciar, manter ou consolidar o sono, ou mesmo cansaço e sonolência diurna.

9 Dicas para uma boa noite de sono

  • Dormir em horários regulares;
  • Ter uma rotina na hora de deitar;
  • Fazer exercícios físicos sim, mas até 2 horas antes de dormir;
  • Utilizar sempre pijama ou roupa confortável;
  • Ter um ambiente de dormir agradável e confortável;
  • Tomar um banho, comer algo leve e beber algo quente antes de deitar;
  • Massagens ou alongamento podem ajudar, assim como, músicas mais relaxantes;
  • Não passar o dia na cama, deitar ou cochilar durante o dia;
  • Manter horário fixo para acordar e dormir.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.