Por Luciana Gianesini Em Comportamento Atualizada em 14 AGO 2020 - 09H48

Precisando dar uma organizada na vida? São Bento pode ajudar!

O que fazer quando percebemos que estamos vivendo na total bagunça?


ronstik/ Shutterstock
ronstik/ Shutterstock


Esqueça Marie Kondo e aqueles programas de organização doméstica que passam na TV. Um dos maiores mestres em organização que este mundo já conheceu chama-se São Bento!

A Regra de São Bento, escrita por São Bento de Núrcia no século VI, é um "conjunto de preceitos destinados a regular a vivência de uma comunidade monástica cristã, regida por um abade".

"Ihhhh... lá vem o JM com esse negócio de regras..." Sim, meus amigos! Regras são importantes! Vários elementos regem, ou seja, colocam regras em nossas vidas, de forma que possamos viver melhor. São Bento escreveu uma série delas que, no entanto, podem ser resumidas em apenas uma:

"Se você quiser ter paz, reze e trabalhe!" 
(Pax! Ora et labora!)

"Ah, só isso? Isso eu já faço..." Não é exatamente "só" isso. Nosso amigo santo escreveu, mais ou menos, 73 tópicos para organizar a vida dos monges que desejassem viver como ele, sob o carisma que depois ficou conhecido como beneditino.

Shutterstock
Shutterstock

Esses tópicos todos tratam desde a importância do silêncio e da oração até coisas simples do dia a dia, como os horários pra dormir e acordar. Essa regra abraçava toda a vida dos monges, de tal forma que começou a funcionar tão bem que o imperador carolíngio Luís I, filho de Carlos Magno, a tornou obrigatória em todos os mosteiros sob seu império. 

Na opinião de alguns estudiosos, a Regra de São Bento elevou o monastério até mesmo à condição de modelo para a organização social e política da cristandade.

Começando pelo começo

São Bento começa falando da importância de escutar, de coração e mente abertos, a voz dos mais experientes. Depois, ele segue listando e organizando as coisas (a gente deu uma resumida pra você ler até o final, ok?):

1. Cada um tenha sua função particular dentro da comunidade (ou da residência); 🧩

2. Todos sejam imitadores de Cristo; 🙏🏻

3. Valham-se da prática de "boas obras" (e aqui entram outras 70 e poucas, baseadas, essencialmente, nos Dez Mandamentos da Lei de Deus); 🦸‍♂️

4. Obediência, silêncio e humildade facilitam a convivência de qualquer grupo; 🤫

5. Estabeleçam horários certos para rezar, pois ajuda a desenvolver a prática natural da oração; 🕑

6. "Dormir" (ou conviver) com pessoas de diferentes idades (pais, irmãos, etc.) ajuda a estar atento às necessidades do outro e estimula o mútuo incentivo; 👵 👶

7. Penas devem ser proporcionais às faltas, ou seja, quanto mais graves forem seus erros, assim também serão suas consequências; 📵

8. Tenham controle de suas coisas, sem excessos e sabendo exatamente a utilidade de cada um de seus pertences; 💸

9. Não rejeitem compartilhar o que têm com quem não tem; 🍛

10. As tarefas domésticas devem ser divididas e revezadas entre os moradores da casa; 🧹

11. Tenham um cuidado especial com idosos, crianças e doentes; 👴🏾

12. Não comam e nem bebam demais; em vez disso, leiam; 📚

13. Ocupem seu tempo livre com atividades manuais; ✂️

14. Exercitem a hospitalidade com quem vier lhes visitar; 🛌

15. Não deixem de rezar, mesmo em viagens; ⛪️

16. Carreguem sua cruz com humildade, por mais penoso que pareça. ✝️


:: Quer saber mais sobre São Bento e sua mensagem? Este livro da Editora Santuário é uma ótima dica!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luciana Gianesini, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.