Por Allan Ribeiro Em Crescendo na Fé Atualizada em 25 ABR 2019 - 12H45

7 curiosidades sobre o jovem evangelista São Marcos

Hoje a Igreja Católica celebra o dia de São Marcos, um jovem cristão que assumiu seu chamado missionário e fez a diferença por onde passou. E até hoje ele continua fazendo a diferença por meio de seus escritos que nos aproximam de Cristo.

Separamos sete curiosidades para você conhecer um pouquinho mais deste jovem santo. E que São Marcos interceda para que nós, jovens, tenhamos a coragem de assumir nossa vocação e testemunhar nosso encontro com Jesus! 

shutterstock
shutterstock

1- Fazia parte de uma das primeiras famílias cristãs

Ao contrário do que muitos pensam, São Marcos não foi discípulo de Jesus, mas o conheceu muito bem. Judeu, era filho de Maria de Jerusalém, e sobrinho de São Barnabé, aquele que foi companheiro de São Paulo em algumas viagens missionárias (Atos 12, 25).

2- Foi batizado por São Pedro

Quando Jesus morreu e ressuscitou, Marcos ainda era muito jovem. Portanto, segundo a tradição, ele foi batizado por São Pedro, que era um grande frequentador de sua casa e amigo de sua família.

3- Sua casa recebeu importantes celebrações com Jesus

A casa de São Marcos era sempre aberta para receber as festas e reuniões de Jesus e seus discípulos. Segundo a tradição, a família deveria ser rica, já que conta-se também que a última Ceia e Pentecostes (onde se reuniram cerca de 120 pessoas) foram celebradas lá, e outros eventos depois (cf. Atos 12,12).

4- Foi o primeiro a escrever o Evangelho

Apesar de não ser um dos 12, vê-se que Marcos, desde jovem, pôde presenciar momentos importantes e particulares da vida de Jesus e seus discípulos. Segundo historiadores, seu Evangelho é o mais antigo e foi escrito por volta do ano 60 d.C., quando acompanhou Pedro em uma viagem a Roma.

5- Foi martirizado no dia da Páscoa

Depois das mortes de Pedro e Paulo, Marcos saiu em missão para pregar o Evangelho, passando pela Ásia Menor, Egito e, de maneira especial, em Alexandria, onde fundou igrejas que muito prosperaram. Foi martirizado no dia da Páscoa, enquanto celebrava a Missa.

6- É representado com um leão

Em suas imagens, é representado com um leão aos seus pés. A representação vem de seu Evangelho, que se inicia com a passagem de São João Batista: “uma voz que clama no deserto” (Marcos 1,3). No deserto, era comum ouvir fortes rugidos dos leões, daí a relação.

7- É padroeiro de Veneza

shutterstock
shutterstock

Depois de seu martírio, mercadores italianos levaram seus restos mortais para Veneza, na Itália. Por conta disso, o santo é padroeiro da cidade, que possui uma catedral dedicada a ele, onde até hoje permanecem seus restos mortais.



10 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Allan Ribeiro, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.