Por Luciana Gianesini Em Crescendo na Fé

7 lições de caridade com São Camilo de Lellis

Reprodução: camilianos.org.br
Reprodução: camilianos.org.br

São Camilo de Lellis é muito conhecido, no Brasil e no mundo, por ser o padroeiro dos enfermeiros e cuidadores de doentes. Sua forma de olhar para o outro e enxergar nele a presença de Cristo são fontes de inspiração até hoje, mais de 500 anos após sua morte.

Camilo nasceu na Itália, no ano de 1550. Mas se engana quem pensa que ele cresceu como santo. Que nada! Era bem “gente como a gente”, talvez até um pouco pior. Teve problemas com vício em jogos e muitas outras coisas, até que caiu na miséria e, certa vez, fez um machucado profundo no pé, que o acompanhou pelo resto de seus dias.

Ele começou a se converter aos 25 anos de idade, quando em uma de suas muitas idas ao hospital, algo o tocou e ele percebeu nos irmãos doentes a presença de Jesus. De alguma maneira, ele notou que corpo e espírito precisavam ser igualmente cuidados.

E assim fez ele, passando a também dedicar-se, como fosse possível, ao cuidado de outros doentes. Nascia ali a chamada “Ordem dos Ministros Enfermos”.

Para esta ordem, Camilo de Lellis escreveu algumas regras, como:

1. Cada um peça a Deus um afeto materno, a fim de poder servir ao próximo com amor, de alma e de corpo;

2. Na hora da refeição dos doentes, ajude sempre os mais graves primeiro. E comunique sempre que algum não conseguir alimentar-se o bastante.

Bill Perry/ Shuttertock
Bill Perry/ Shuttertock


São Camilo morreu em 1614, aos 64 anos de idade,
tendo sido beatificado em 1742 e canonizado rapidamente, quatro anos depois, pelo Papa Bento XIV. Mais tarde, junto com São João de Deus, o Papa Leão XIII o declarou patrono dos profissionais da saúde.

Leia Mais5 santos que intercedem pelos doentes!Separamos abaixo 7 frases de São Camilo de Lellis pra nos ajudar a pensar e olhar com mais carinho para nossos doentes e seus cuidadores. Confira!

“O que temos pertence aos pobres, e só quando damos isto a eles, torna-se nosso”.

“Deixe tudo nas mãos de Deus e recorra a Nossa Senhora”.

“A caridade não procura a própria comodidade”.

“Nada nos une mais a Deus do que a caridade”.

“Os doentes são a pupila e o rosto de Deus”.

“Todos peçam a Deus que lhes dê um amor de mãe para com o próximo”.

 “Tudo passa, o bem permanece”.

Fonte: camilianos.org.br

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luciana Gianesini, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.