Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 16 SET 2020 - 08H22

Perguntas do Papa Francisco para quem deseja a paz

WAYHOME studio/ Shutterstock
 WAYHOME studio/ Shutterstock


Geralmente, na época do Enem, todo(a) estudante rói quase a unha todinha de ansiedade. Tudo isso porque decidimos dar passos importantes na nossa trajetória pessoal e profissional. Porém, mais do que alcançar as melhores universidades, o mais importante é alcançar a vontade de Deus. Por isso, no livro chamado “Por um saber sobre a paz”, o Papa se dirige a nós. Isso mesmo: aos jovens (eu e você).

Ivan Simas/ A12
Ivan Simas/ A12


O Papa nos convida a nos tornarmos “agentes de paz.” O chamado do Papa Francisco se estende a todos aqueles que querem fazer a vontade de Deus.

“Um bom agente de paz deve ser capaz de amadurecer um olhar sobre o mundo e a história que não caia em um 'excesso de diagnóstico', que nem sempre é acompanhado de propostas resolutas e realmente aplicáveis.”

E o que faz dessa obra um chamado mais importante do que a inscrição do Enem? São três perguntas:

1- “Por que em um mundo onde a globalização quebrou tantas fronteiras, onde todos – se diz – estamos interligados, se continua a praticar a violência nas relações entre os indivíduos e as comunidades?"

2- “Por que quem é diferente de nós, muitas vezes, nos assusta de tal forma de assumirmos uma atitude defensiva e desconfiada que, com muita frequência, se torna uma agressão hostil?”

3- “Por que os governos dos Estados acreditam que demonstrar a sua força, mesmo com atos de guerra, pode dar-lhes maior credibilidade aos olhos dos cidadãos e aumentar o consenso de que desfrutam?”

São perguntas que nos trazem grandes reflexões a respeito de transformações super possíveis de serem realizadas com pequenos gestos, na universidade que iremos entrar, em um país que vamos conhecer, através de um intercâmbio ou em qualquer outra situação do nosso dia a dia. 

Shutterstock/ Rawpixel.com
Shutterstock/ Rawpixel.com


Nossas experiências se relacionam com essas perguntas, e essas perguntas com nossas experiência.
O Papa Francisco, acredita em nós e na mudança que podemos gerar.

Por isso, ano que vem quando formos tentar o Enem ou outro vestibular, tenha em mente que a fé e a razão caminham juntas. Você pode fazer a diferença onde estiver, pode ser um agente da paz. Você topa?

<< Curtiu o post? Compartilhe e convide os amigos para se juntarem a essa corrente da paz! >>


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.