Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 19 JAN 2018 - 13H01

Seis dicas para fazer uma boa confissão

O pecado é uma realidade constante e presente na nossa vida, todos nós somos pecadores. Mas, ao mesmo tempo, a confissão também deve se fazer presente, da mesma forma. O sacramento do perdão é vital para todos nós, pois nos preenchemos da misericórdia de Deus toda vez que deixamos o confessionário e, consequentemente, vamos nos esvaziando do pecado. A confissão ajuda a viver com a realidade do pecado.

Para te ajudar, padre Eduardo Ribeiro dá alguns conselhos de como realizar uma boa confissão:

:: Confissão ou Aconselhamento: qual a diferença?

Confissão (Foto: Shutterstock)

#01 - Faça um bom exame de consciência

Antes de procurar o sacramento, olhe para si mesmo. Vá elencando tudo aquilo que o afastou de Deus, desde a última confissão. Tem dificuldade para guardar? Por que não anotar em um papel.

#02 - Não tenha medo do padre!

O padre não morde! Mesmo que ele faça algum comentário, o intuito dele é fazer de você um cristão cada vez mais santo. E quem não tem pecados? Tranquilize-se. Não é confortável abrir-se para outra pessoa, claro, mas lembre-se que o sacerdote é o ministro de Cristo. É como se você estivesse diante do próprio Jesus.

#03- Seja direto

Não comece contando toda a vida, para assim chegar no pecado. Ou, não tente justificar ou culpar alguém pelo seu ato. Assuma a culpa! Por isso que o exame de consciência é importante. Seja objetivo e diga ao padre qual o pecado você quer tirar da sua vida, que não quer cometer mais.

#04 - Desapegue dos pecadinhos de estimação

Esses são os mais difíceis. Sempre você cai em tentação e comete. Peça a graça de Deus para que te ajude para que não os cometa novamente. Claro, a realidade do pecado é inevitável, vamos sempre pecar, mas temos que nos esforçar sempre para sermos melhores. Se pecar, assuma com responsabilidade a sua ação.

#05- Confissão é diferente de aconselhamento

É importante diferenciar os dois. Muitas pessoas até vão ao confessionário dispostas a receber o sacramento, mas, durante a confissão, acabam desviando o foco e encaminham o momento para uma direção espiritual. Não que o padre não possa te orientar, mas o aconselhamento demanda um acompanhamento constante. Por isso, vá direcionado para realizar uma boa confissão.

#06 - Esqueci a penitência!

Estava tão focado que não lembra a penitência ou o sacerdote não passou nenhuma. E agora? A penitência é um meio pedagógico para ajudar a você e, caso uma dessas situações ocorra, você mesmo pode escolher fazer uma penitência. Você se conhece muito bem e sabe o que vai ser bom.

3 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.