Big bang, explosão de amor, Deus, amor infinito (Oleh Svetiukha/ Shutterstock)
Crescendo na Fé

Um Big Bang de Amor por você!

Escrito por Luciana Gianesini

04 ABR 2021 - 06H00

A Criação do Universo sempre foi um assunto que desperta muita polêmica e curiosidade em todos nós, principalmente para os que creem em Deus como nosso Criador. Afinal, o que a gente aprende na escola a respeito da origem do Universo é bem diferente...

Leia MaisO que a Igreja realmente diz sobre a Criação do mundo?Será?

A essa altura, você pode estar pensando: "Nossa, o JM tá bem 'loco'... Em plena Páscoa, e eles falando do Gênesis, de antes de Cristo..." Maaaas… Tudo tem uma explicação! Nessa Páscoa tão diferente, podemos estar meio sem esperanças, mas este post pode mudar tudo. Acompanhe a leitura!

Lá no Vaticano, existe a figura do Pregador da Casa PontifíciaEste religioso fornece meditação ao Papa, bem como a outros altos funcionários da Igreja Católica, sendo o único clérigo autorizado a pregar ao PapaEle sempre será um membro da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, por causa do "exemplo de piedade cristã e perfeição religiosa, o esplendor da doutrina e o zelo apostólico" encontrados na Ordem. 

Essa pessoa, desde 1980, é o Frei Raniero Cantalamessa (esse aí da foto abaixo). Uns anos atrás, me lembro de uma de suas pregações que me marcou muito, porque ele explicava justamente a Criação do Mundo por Deus, cujo sentido é renovado na Páscoa.

Reprodução
Reprodução
Frei Raniero Cantalamessa, pregador da Casa Pontifícia desde 1980


Disse ele (não exatamente com essas palavras):

"Deus é o Criador de todo o Universo. Como O Criador, Ele próprio é o Universo, tal como os cientistas descrevem o surgimento do Universo pelo Big Bang, a "Grande Explosão". E se Deus é o próprio Universo, e se Deus é amor, então o Universo todo é Amor. 

E, sendo o Amor tão grande, tão imenso, não caberia em si mesmo. Assim, explodiu, espalhando fragmentos de Amor por tudo que existe. E o centro, o núcleo desse amor infinito está em Cristo, o fragmento mais profundo do Amor de Deus. 

Ele nos deu o Universo inteiro, nos deu todo o Seu amor. Nos deu até mesmo seu fragmento mais precioso, que é Seu Único Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo. Nos deu a vida, o amor e tudo o que se inicia e se encerra em Cristo, que é fragmento d'Ele próprio".

Ninguém, nenhum ser humano consegue explicar a origem de Deus, nem a origem do "grande bloco" do qual aconteceu o Big Bang, que originou o Universo que conhecemos. Então, fazendo uma metáfora BEM simplificada, esse 'bloco' de todas as substâncias que, ao longo do tempo, constituíram a fórmula da Vida, só pode ser Deus! E que motivo 'algo' teria para gerar vida, se esse 'algo' não fosse o amor

E é esse Amor todinho, imenso, infinito, que eu quero te fazer lembrar, querido e querida Jovem de Maria:

 “Com efeito, Deus tanto amou o mundo que lhe deu seu Filho unigênito, para que não morra quem nele crê, mas tenha a vida eterna." (João 3, 16)

Eu achei isso tão lindo! E, pelo menos para mim, fez total sentido! Imagina!

:: Faz sentido para você também? Então, corra! Compartilhe esse Imenso Amor com as pessoas que você gosta, mesmo que só pelas redes sociais!
(Distanciamento social na pandemia é importante, viu?)


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luciana Gianesini, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.