Por Jovens de Maria Em Papo JM Atualizada em 17 JUL 2019 - 10H57

Existe depressão na juventude?

O Papo JM começa nesse mês uma série sobre Depressão na juventude. Um assunto sério que precisa de atenção. Pra ajudar nossa conversa, convidamos a psicóloga Ludovina de Andrade, que trabalha no diagnóstico e terapia do estresse.

shutterstock
shutterstock

Segundo Ludovina, é importante observar que a depressão é comum em grupos familiares: “O que nos dá a notícia da questão da hereditariedade. Quanto ao comportamento, é interessante que, muitas vezes, a pessoa que está vivendo a crise não perceba que está entrando nesse quadro”.

Ela ainda ressalta que recorrentemente a pessoa, ao receber o feedback de que está com sintomas depressivos, reage negativamente, por isso, alerta: “é preciso parar para se observar e perceber que medida é essa”.

A psicóloga ainda enumera alguns sintomas da depressão, como “estado de espírito depressivo, desinteresse e falta de compromisso, diminuição ou excesso do apetite, insônia ou excesso de sono, sentimento exagerado de culpa, diminuição da concentração e pensamentos recorrentes de morte”. Ao final, dá dicas de como lidar com a doença.

Ouça o podcast completo:

Escute os outros episódios da série:

- O papel da religião e da fé no tratamento da depressão


1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Papo JM

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.