Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 17 JUL 2020 - 16H15

Tire suas dúvidas sobre o Marco Legal do Saneamento Básico


Shutterstock
Shutterstock


Ouça o podcast ou, se preferir, leia:

Uma das formas de prevenção contra o novo coronavírus é lavar as mãos frequentemente e várias vezes ao dia. Esse é um privilégio para alguns brasileiros, mas para outros não. 35 milhões de brasileiros sequer têm água tratada para realizar procedimentos de higiene que evitam doenças, nem para consumo ou matar a sede.

Além disso, somente 46% do esgoto gerado no Brasil é tratado, ou seja, menos da metade. E isso está fortemente relacionado a cerca de 340 mil internações por problemas gastrointestinais, gerados principalmente pelo consumo de água sem tratamento.

Leia MaisEstamos gerando mais lixo? Tire dúvidas sobre a liberação de agrotóxicos pelo Ministério da AgriculturaPoluição do ar causa danos financeiros para economia mundialEntenda o funcionamento da qualidade da água do marBruna Rodrigues, engenheira ambiental e sanitarista do quadro “Ecologia”, afirma que a pandemia do novo coronavírus colocou em evidência essa gravíssima falha no sistema de saneamento básico no Brasil. 

"É importante falarmos sobre isso, pois a água potável está fortemente relacionada a qualidade de vida, a saúde pública e o desenvolvimento humano. Acredito que o Marco Legal do Saneamento básico no Brasil vem a contribuir positivamente nesse cenário, trazendo melhorias no saneamento básico em nosso país”.


Marco Legal do Saneamento Básico

Entenda melhor sobre este projeto de lei:



🔊 Gostou desse podcast? Compartilhe com os amigos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.