Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 11 DEZ 2019 - 15H39

Entenda o funcionamento da qualidade da água do mar




Ouça o podcast ou, se preferir, leia a matéria:

A preocupação com as águas do mar durante o verão aumenta para os banhistas que procuram diversão sem problemas. Por conta do contato prolongado com a água, é importante entender e saber como funciona a qualidade da água do mar e como e por quem ela é medida.

No estado de São Paulo, a CETESB segue critérios estabelecidos pelo CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) para as praias em relação à balneabilidade, que nada mais é que a qualidade das águas destinadas a recreação de contato primário, sendo este entendido como um contato direto e prolongado com a água, por exemplo, natação, mergulho, ou seja, atividades que tenham a possibilidade de ingestão de água.

Dessa maneira, as praias são classificadas como próprias ou improprias para banho. Essa classificação é feita de acordo com a densidade de bactérias resultantes de análises feitas em cinco semanas consecutivas.

Para não causar problemas em seu passeio, fique atento a essas dicas:

- não tome banho nas águas das praias que foram classificadas como impróprias;

- evite o contato com os cursos d'água que afluem para as praias;

- evite o uso das praias que recebem corpos da água cuja qualidade é desconhecida, principalmente após a ocorrência de chuvas;

- evite a ingestão de água do mar, com redobrada atenção para as crianças e os idosos, que são mais sensíveis e menos imunes do que os adultos;

- não leve animais às praias.

🔊 Gostou desse podcast? Compartilhe com os amigos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.