Notícias

Conheça Mona Rikumbi, 1ª mulher negra cadeirante a dançar no Theatro Municipal

Escrito por Rádio Aparecida

26 MAR 2022 - 07H00

Reprodução

“Eu sou uma mulher negra de 50 anos e de 1,73m. Estou com um turbante de cores vermelhas, amarelas e azuis; uma bata chamada de “abadá” com várias cores e elementos com desenhos de motivos africanos. Eu uso óculos, estou com brincos, colar e pulseiras com búzios, que são as conchinhas bem características usadas pelo povo africano e também pelos indígenas”.

Escute a entrevista ou leia abaixo:


Mona Rikumbi se alegra logo no início do programa, em que a apresentadora Marluce Botelho pede para que o entrevistado se autodescreva, ao dizer que é importante o exercício de entender as diversidades para construir um mundo melhor.

Mulher de muitos palcos

Mona desde pequena já tinha contato com a arte e a partir dos 8 anos já estava no teatro e na dança, que sempre foi algo que ela gostava muito, pois se sentia conectada com seu povo junto às danças africanas.

Se afastou dos palcos com 24 anos ao engravidar e logo depois iniciou carreira como enfermeira, trabalhando por 20 anos nessa profissão. Nos anos 2000 descobriu o diagnóstico em neuromielite óptica, doença degenerativa e progressiva. “Em 2007 fui definitivamente pra cadeira de rodas e de lá pra cá redescobri minha relação com o teatro e a dança”.

Fez história ao dançar no Theatro Municipal

De seus grandes feitos com a dança, se tornou a primeira mulher negra cadeirante a dançar no Theatro Municipal de São Paulo. “Chegar no (Theatro) Municipal é o sonho de todo o artista e o inusitado é chegar aos 40 anos e ali atuar, dançar e fazer história. Eu não sabia que estava fazendo história naquele momento. Meu povo sempre esteve em lugares como esse servindo, limpando, nem tampouco atuando e muitas vezes assistindo. Foi um momento maravilhoso na minha vida e agradeço aos meus ancestrais e para que eu tenha sido a porta aberta para os próximos que virão e que amam a arte e acreditam na cultura”.

Assista ou escute um documentário sobre esse momento histórico:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias mensalmente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...