Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 21 NOV 2018 - 13H57

Desafios: violência e desigualdade social

shutterstock
shutterstock

Ontem comemoramos o dia da Consciência Negra, uma data para refletir sobre as lutas dos negros ao longo da história da sociedade, e também sobre os desafios que ainda existem e que precisam ser superados para um País mais justo.

Hoje conversamos com o Secretário Especial de Política de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo, que fala sobre as comemorações desta data. Segundo ele, o racismo é estrutural e institucional, pois vivemos em um país que teve mais de 300 anos de escravidão e mais de 54% da população é formada por negros. Porém, ainda há diferenças.

Os números de violência contra negros são altos. Segundo pesquisa, 70% dos jovens assassinados são negros, além de os casos de feminicídio, em que a maioria das atingidas são negras. Temos que provar que o intelecto e capacidade não depende da cor de pele.

Hoje temos delegacias especializadas em crimes raciais, delegacias da mulher e o canal do Disque 100, onde são registrados todos os casos de racismo no Brasil. Um só mecanismo não seria suficiente para combater o racismo. Por isso, além da lei, nós temos outros mecanismos necessários para que a lei seja cumprida.

Confira a reportagem completa:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.