Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 26 MAR 2018 - 10H26

Dom Leonardo Steiner e Raul Jungmann se encontram para tratar de violência

Rosberg Flores/CNBB e Allan de Carvalho/Ministério da Segurança Pública
Rosberg Flores/CNBB e Allan de Carvalho/Ministério da Segurança Pública

Para tratar de assuntos ligados a redução da insegurança gerada pela violência, Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB reuniu-se com Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública na última semana.

Leia MaisPapa aos embaixadores: a busca da paz supõe combater a injustiça e a violênciaPapa Francisco fala sobre corrupção e violênciaPapa Francisco fala sobre a violência em sua mensagem para o dia mundial da paz70% dos brasileiros acreditam que policiais agem com violênciaDom Leonardo o presenteou com o texto-base da Campanha da Fraternidade 2018, cujo tema é “Fraternidade e superação da violência”. A conversa baseou-se na contribuição que a Igreja Católica pode dar diante da situação extrema em que se encontra o Brasil. Segundo dados do Atlas da Violência 2017, o Brasil registrou, em 2015, 59.080 homicídios. Isso significa 28,9 mortes a cada 100 mil habitantes.

“A CNBB há três anos incentivou as comunidades a celebrarem o Ano da Paz. Nós já vínhamos percebendo o crescimento da violência e quando o Conselho Episcopal de Pastoral decidiu o tema da campanha da fraternidade para 2018, chegamos à conclusão de que a situação tinha ficado insuportável”, relata Dom Leonardo.

Saiba mais na entrevista de Rafael Rodrigues com Dom Leonardo Steiner:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.