Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 06 ABR 2020 - 14H12

Transmissão da Covid-19 ultrapassou as ruas e está entrando nas casas, afirma OMS


Shutterstock.
Shutterstock.


Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

A orientação de saúde é que as pessoas fiquem em casa para evitar a transmissão do novo coronavírus. Mas e se o perigo estiver dentro dos nossos lares?

De acordo com Michael Ryan, diretor-executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), a transmissão do novo coronavírus, em várias partes do mundo, está ultrapassando "as ruas" e sendo levada para "dentro das famílias".

Isso acontece, principalmente, porque os pacientes sem sintomas graves da doença ficam em isolamento domiciliar, e os cuidados devem ser redobrados para evitar a contaminação.

Para dar orientações sobre o que fazer se um membro da sua família estiver com suspeita ou confirmação de Covid-19, Dr. Eitan Berezin, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (SP), responde as dúvidas:

- Como deve ser esse isolamento domiciliar?

- No país sabemos que muitas famílias vivem em casas pequenas, sem recursos adequados. Como se proteger nessas condições?

- Quais devem ser as medidas de higienização do ambiente para evitar a contaminação?


Ministro da Saúde tem mais que o dobro de aprovação que Bolsonaro

Isac Nóbrega/PR
Isac Nóbrega/PR

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

A nova pesquisa Datafolha sobre a avaliação dos brasileiros em relação ao desempenho de Jair Bolsonaro e do Ministério da Saúde diante da crise do coronavírus, mostrou um aumento na aprovação do trabalho feito pelo ministro Luiz Henrique Mandetta, que chegou a ter mais que o dobro da registrada pelo presidente.

Na última pesquisa, feita de 18 a 20 de março, a pasta conduzida por Mandetta tinha uma aprovação de 55%. Agora, o número saltou para 76%. Já o presidente viu sua reprovação subir de 33% para 39% diante da crise sanitária, e agora segue estável em 35%.

A pesquisa foi divulgada depois de o presidente ter afirmado que está "faltando humildade" ao ministro e que ele teria que "ouvir mais o presidente da República". Ele diz que o impacto dessa desarmonia do governo pode prejudicar ainda mais a crise vivida pelo país.

O Ministro Mandetta garantiu que não pretende se demitir do cargo e que, se sair, sairá demitido, o que para o cientista político é um preço muito alto a ser pago pelo presidente. Vitor Marchetti, cientista político, professor da Universidade Federal do ABC, fala sobre o cenário atual visto pelo DataFolha.


Mais da metade das publicações pró-Bolsonaro no Twitter são feitas por robôs

Henryk Ditze/ Shutterstock
Henryk Ditze/ Shutterstock


Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

Um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (Fesp), divulgado pelo jornal O Valor Econômico, mostra que 55% das publicações favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro no Twitter foram feitas por robôs.

Por meio de ferramentas de ciência de dados, as professoras Rose Marie Santini, da UFRJ, e Isabela Kalil, da Fesp, demonstram que robôs foram responsáveis por 55% dos 1 milhão e 200 mil posts que usaram a expressão #BolsonaroDay para homenagear o presidente, no dia 15 de março, em que diversas cidades do país tiveram atos de rua pró-governo.

Fernando Peres, advogado especialista em Direito Digital, explicou a ação desses mecanismos, utilizados para promover uma informação ou a popularidade de um usuário. 

Aproximadamente 1,7 mil contas publicaram sobre #BolsonaroDay e, horas depois, foram apagadas do Twitter, uma ação comum de perfis fake, segundo o advogado Fernando Peres, e que podem prejudicar a investigação sobre suas origens.

Ele explica ainda que, apesar de muitos dos conteúdos compartilhados serem falsos, a responsabilização nem sempre é possível.


Micro e pequenos empresários precisam pensar em alternativas por conta da crise

Liderina/ Shutterstock
Liderina/ Shutterstock


Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

Com o fechamento de comércios, academias, centros de lazer e outros empreendimentos em centenas de cidades brasileiras, para prevenir a contaminação por coronavírus, empreendedores precisam encontrar soluções para a sobrevivência do negócio.

Paulo Gontijo, diretor-executivo do Livres, movimento político suprapartidário em defesa do liberalismo, fala sobre esse assunto:

- É importante nesse momento a busca por linhas de crédito?

– O momento pede também foco em recursos humanos? Agora é hora de transparência e diálogo com o funcionário?

– E essa transparência deve ser estendida também ao cliente?

– E qual o papel do Poder Público diante de toda essa situação?


Compartilhe com os amigos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.