Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 22 NOV 2018 - 10H56

Ano do Laicato tem celebração nacional no Santuário de Aparecida

nThiago Leon
Thiago Leon

No próximo dia 25 de novembro, solenidade de Cristo Rei e Dia dos Leigos e Leigas, a Igreja no Brasil marca o auge do Ano do Laicato. Ao longo do último ano, a reflexão sobre o papel e a missão dos cristãos leigos na Igreja e na sociedade estiveram em evidência nas comunidades. De forma especial, a Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato vai promover, a partir de hoje (22) até domingo (25), uma série de atividades no Santuário Nacional de Aparecida, para valorizar esse momento.

O bispo de Caçador (SC) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, Dom Severino Clasen, em entrevista ao portal da CNBB, fez um balanço da vivência e dos legados do Ano Nacional do Laicato. Segundo o bispo, ao contrário do Ano Mariano, em 2017, não haverá uma data de encerramento, mas um momento de culminância que será marcado pela 9ª Assembleia Nacional dos Organismos do Povo de Deus, que ocorre na Casa de Hospedagem Santo Afonso, em Aparecida (SP) de 22 a 25 de novembro e, especialmente, pela Romaria Nacional do Laicato ao Santuário Nacional.


Segundo Dom Severino, as conquistas do ano têm reflexos no Brasil, no Celam, na América Latina, e no Dicastério para o Laicato, Família e Vida, em Roma. “O Ano fez com que as dioceses no Brasil assumissem gestos concretos de evangelização, tendo os leigos como protagonistas”, disse. O lema que inspirou a realização de inúmeras experiências espalhadas pelo Brasil foi: “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5, 13-14).

Confira a íntegra da entrevista.

Qual o balanço da realização do Ano Nacional do Laicato?

Os resultados são muito positivos. É maravilhoso ouvir e constatar os êxitos da semana missionária, que vem trazendo frutos de conversão, um rosto de Igreja alegre. O espírito missionário tem levado a mensagem de Jesus Cristo para muitos âmbitos da sociedade.

Leia Mais Maria como modelo para leigos: fidelidade a missão mesmo em meio ao sofrimento Mensagem de Fé com Dom Orlando: função sacerdotal dos leigos?Dom Orlando reforça a importância dos leigos na políticaA missão dos leigos na IgrejaLeigos são chamados a um “agir cristão” em um mundo ferido7 inspirações de Maria para os leigosProtagonismo dos leigos: Dom Severino Clasen fala sobre o Ano do Laicato O clamor dos cristãos leigos e leigas, “sal da terra e luz do mundo”, atingiu outras esferas da sociedade, abrindo as portas e deixando que a luz do Evangelho trouxesse novos ares nos corações humanos. Apresentou uma Igreja com rosto e de portas abertas, como pede o Papa Francisco. Fez com que as dioceses no Brasil assumissem gestos concretos de evangelização, tendo os leigos como protagonistas: Semana Missionária, palestras sobre temáticas pertinentes à Evangelização, propostas pela Comissão Nacional sobre o Ano do Laicato. Fez também a Formação Permanente para o clero em inúmeras Dioceses, refletindo sobre a teologia do laicato, bem como Congressos diocesanos e regionais, Caminhadas e Peregrinações levando o estandarte da Sagrada Família, pedindo luzes e coragem, para que a presença, o testemunho e ação dos cristãos leigos e leigas transformassem as relações machucadas da sociedade em fraternidade universal.


Quais legados a celebração deste ano deixa para a Igreja no Brasil?

Os frutos do Ano Nacional do Laicato colheremos nos anos seguintes, ao percebermos que a presença dos cristãos leigos e leigas no tecido da sociedade está agindo de forma coerente e sólida nos mecanismos que mobilizam a sociedade na área da saúde, da política, da educação, do trabalho, da comunicação e da família, sendo sal da terra e luz do mundo.

Na área eclesial, oferecendo formação continuada, presença nos serviços e nos ministérios eclesiais, sendo fermento na massa para que a Igreja seja sinal do Reino de Deus já acontecendo entre nós. Esperamos uma atuação e presença mais coerente e profética dos cristãos leigos e leigas para que a Igreja seja como a figura da mãe, que acolhe e vai ao encontro dos batizados que abandonaram a Igreja.

Portanto, o Ano Nacional do Laicato abriu portas e janelas para arejar o conceito, o modo de ser Igreja e testemunha do Evangelho em toda a sociedade, em muitas Dioceses.

Thiago Leon
Thiago Leon
Nacional

Como será o encerramento deste ano?

Não está na nossa agenda um encerramento do Ano do Laicato. Temos sim, a culminância do Ano Nacional do Laicato, nos dias 22 a 25 de novembro, em Aparecida, na casa da Mãe. Nos dias 22 a 24 de novembro, teremos a 9ª Assembleia dos Organismos do Povo de Deus. No dia 25 de novembro, teremos ainda a grande Romaria do Ano do Laicato para Aparecida na casa da Mãe. Nessa romaria, teremos a celebração litúrgica na Basílica às 7h30, seguida de apresentações artísticas na praça.

Todos os cristãos leigos e leigas que puderem participar dessa romaria, sejam bem-vindos!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.